Fonte: OpenWeather

    Estupro de Vulnerável


    Mãe flagra filha sendo estuprada por vizinho em Manaus

    A mãe da menina, familiares e outros moradores da área estavam revoltados e chegaram a agredir o acusado fisicamente

     

    A mãe da menina disse que se distraiu ao cuidar de um bebê e sentiu falta da presença da filha
    A mãe da menina disse que se distraiu ao cuidar de um bebê e sentiu falta da presença da filha | Foto: Reprodução


    Manaus - De janeiro a julho de 2020, foram contabilizados 132 estupros em crianças de zero a 11 anos na capital amazonense. Esta é a faixa etária mais vulnerável e com maior número de casos. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). Casos continuam no ano de 2021 e chocam a sociedade.

    Uma mãe percebeu que a filha desapareceu e resolveu procurá-la na casa do vizinho. O homem estava na  frente da casa dela instantes antes. Ela flagrou uma cena chocante: a filha estava sendo abusada sexualmente pelo vizinho. O crime aconteceu neste domingo (16). 

    O suspeito de aproximadamente 35 anos, morava no bairro Gilberto Mestrinho, na Zona Leste de Manaus e foi denunciado na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca). Ele fugiu do local após ser flagrado no ato sexual. 

     

    Suspeito ainda permanece com paradeiro desconhecido
    Suspeito ainda permanece com paradeiro desconhecido | Foto: Divulgação

    A mãe da menina, familiares e outros moradores da área estavam revoltados e chegaram a agredir o acusado fisicamente. 

    Conforme informações da delegada Joyce Coelho, titular da especializada, a mãe da menina disse que se distraiu ao cuidar de um bebê e que sentiu falta da filha e do vizinho que estavam instantes antes na frente da casa dela. Havia uma insistência do homem em levar a menina para casa dele. 

      "A mãe da criança entrou na casa do vizinho e acabou flagrando o ato criminoso. Há relatos de que esse homem foi agredido pela mulher, por familiares delas e por moradores da área que estavam revoltados com a situação. A criança foi encaminhada inicialmente para uma maternidade referência em casos de abusos sexuais e depois veio aqui para a delegacia. Somente após uma escuta especializada iremos verificar as circunstâncias que o fato ocorreu e se isso já havia acontecido anteriormente. Também estamos trabalhando na identificação do suspeito"  

    Coelho fez um alerta para que pais fiquem atentos ao paradeiro de crianças e desconfiem de atitudes suspeitas.

      "Não se deve confiar em ninguém, com certeza esse homem é conhecido e teve várias oportunidades. Agora iremos trabalhar para dar uma resposta ao caso"  

    Um Inquérito Policial (IP) foi instaurado para apurar o fato. O suspeito deve ser chamado para prestar os devidos esclarecimentos.

    Espancado até a morte

    Em abril deste ano, um homem foi espancado até a morte após ser suspeito de estuprar uma criança de apenas 5 anos. A irmã da vítima, uma criança de apenas 3 anos, contou para a mãe que a irmã sofre o abuso sexual. 

    Elas foram atraídas pelo suspeito com promessa de doação de roupas. As meninas estavam brincando quando foram apalpadas nas partes íntimas. 

    Leia Mais

    Homem é preso suspeito de estuprar sobrinha de sete anos em Manaus

    Empresário de 56 anos é preso por 'namorar' adolescente de 13 


    Comentários