Fonte: OpenWeather

    Violência no AM


    PMs impedem homem de praticar vandalismo em Parintins, no AM

    Os policiais continuam em patrulhamento ininterrupto para que novos ataques não aconteçam em Parintins

     

    Os indivíduos estariam tentando atear fogo em estruturas públicas da cidade
    Os indivíduos estariam tentando atear fogo em estruturas públicas da cidade | Foto: Divulgação/PMAM

    Parintins- AM- A onda de violência e vandalismo constatada na capital amazonense se estendeu para o interior do Amazonas. Parintins, localizada a 369 quilômetros da capital, foi alvo dos criminosos. 

    Um homem de 28 anos foi detido por estar envolvido em uma tentativa de vandalismo contra uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e uma ambulância no município. 

    Ele foi preso pelos policiais militares do 11º Batalhão de Polícia Militar (BPM). De acordo com as informações da polícia, durante a madrugada de domingo (6), as equipes policiais atenderam três ocorrências de tentativa de incêndio a prédios públicos e ambulâncias, situações ocorridas na UBS Vila Amazônia, Escola Municipal Santa Luzia do Macurany e na rua 7 de Setembro, bairro Palmares.

    Durante patrulhamento, as equipes foram acionadas pela Central de Operações, informando que indivíduos estariam tentando atear fogo em estruturas públicas da cidade.

    Em um dos casos, na área rural da cidade, no Distrito de Vila Amazônia, os militares detiveram um homem de 28 anos flagrado com um artefato conhecido como coquetel molotov, uma garrafa plástica tipo PET com gasolina e um isqueiro, que usaria para cometer um ato de vandalismo. Na delegacia foi constatado que ele já possuía passagem pela polícia.

    Todos os casos estão sob investigação da Polícia Civil do município, e as situações atendidas pelas equipes policiais militares foram controladas. Os policiais continuam em patrulhamento ininterrupto. 

    Em Manaus

    Por volta das 7h30 deste domingo (6), as equipes da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) prenderam um suspeito de cometer um arrastão com barricadas na avenida Brasil. Ele também estava com duas garrafas com gasolina escondidas em mochilas. 

    A suspeita é de que o homem participaria dos atos de vandalismo que se estenderam durante o dia na capital amazonense. 

     A Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) informa que um comitê de crise foi criado para apurar as denúncias de ônibus incendiados e depredação de prédios em Manaus e nos municípios de Parintins e Careiro Castanho.

    De acordo com o secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, o policiamento está sendo reforçado para que o direito de ir e vir da população não seja prejudicado.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Após ataques do CV, Wilson Lima pede apoio da Força Nacional para o AM

    Ataques em Manaus: criança de 11 anos é detida por ajudar traficantes

    Comentários