Fonte: OpenWeather

    Foragido


    'Mano Kaio' segue foragido após megaoperação no Rio de Janeiro

    Narcotraficante amazonense era o principal alvo da ação da Polícia Civil. Durantes as buscas por "Mano Kaio", um adolescente de 16 anos morreu no Morro da Fé

      

    Mano Kaio está foragido há três anos
    Mano Kaio está foragido há três anos | Foto: Divulgação

    MANAUS - Principal alvo da megaoperação "Coalização pelo Bem" e uma das principais lideranças do organização criminosa Comando Vermelho (CV), o narcotraficante amazonense Kaio Wuellington Cardoso dos Santos, de 25 anos, o “Mano Kaio”, segue foragido. A ação policial  foi deflagrada na manhã desta sexta-feira (18), por agentes da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Amazonas e Pará. 

    Segundo as investigações, 'Mano Kaio'  estaria escondido no Complexo da Penha, na zona Norte do Rio de Janeiro. Ele seria o mandante dos ataques em série desencadeados na capital do Amazonas, no início do mês.

    Em entrevista coletiva realizada no final da manhã, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), o delegado Gabriel Poiava, da PC-RJ, afirmou que o narcotraficante amazonense teria uma grande influência no alto escalão da facção e que ele segue sendo procurado pela polícia. 

    "

    Nós identificamos um esquema de remessa de dinheiro da cúpula do CV do Rio de Janeiro para o Amazonas, com o objetivo de fortalecer a rota do Solimões, que já movimentou cerca R$ 126 milhões, e ocorria há mais ou menos um ano e meio. O 'Mano Kaio', que segue foragido, era um dos articuladores de todo o planejamento do esquema "

    afirmou, o delegado

     

    Adolescente morre durante operação

    Um adolescente de 16 anos morreu, na manhã desta sexta (18), após ser baleado dentro de casa, no Morro da Fé, no Complexo da Penha, na mesma região onde a operação está sendo deflagrada. Segundo a Polícia Civil do RJ, o caso não tem relação com a ação dos agentes e afirmou, ainda, que o caso será apurado. 

    Nas redes sociais, diversos moradores relataram uma manhã de terror, com o registro de vários tiroteios em diferentes pontos da comunidade.

    Balanço

    De acordo com as autoridades, 400 homens estão envolvidos na operação. Agentes do Pará e do Amazonas também compõem a força-tarefa.  

      Até o início da tarde de sexta (18), 23 pessoas já haviam sido presas no Amazonas, São Paulo e Rio de Janeiro, cinco carros foram e uma quantia de R$13 mil foram apreendidos.  

    Leia mais 

    Corpo esquartejado é encontrado por crianças em cova rasa

    Autônomo é executado em via pública no Zumbi dos Palmares

    Homem é suspeito de esquartejar irmão gêmeo após discussão

    Comentários