Fonte: OpenWeather

    Tragédia


    Jovem é morta a tiros por assaltantes em fuga no Jorge Teixeira

    Depois de cometerem um roubo, populares revoltados tentaram perseguir os ladrões, que começaram a atirar para todas as direções, e atingiram a jovem inocente

     

    A jovem foi morta a tiro
    A jovem foi morta a tiro | Foto: Divulgação

    MANAUS - Seria só mais um dia comum na rotina da jovem Raylane Viana de Jesus, de 22 anos, mas a ação de bandidos no bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus, interrompeu permanentemente a trajetória da jovem.

      Por volta das 5h34, desta segunda-feira (28), criminosos armados entraram em um estabelecimento comercial na rua Professora Juventina Pires, e exigiram toda a renda local. Durante a fuga, populares revoltados tentaram perseguir os ladrões, que começaram a efetuar disparos para todas as direções. Um dos tiros atingiu Raylane.  

    Segundo o boletim de ocorrência, registrado pelo irmão da vítima, a jovem foi socorrida por familiares e levada ao Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, mas não resistiu e morreu. O caso deverá ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Mais morte durante assalto em Manaus

    No início da tarde desta segunda-feira (28), outra morte durante um assalto ocorreu em Manaus. Eurimar  Alves dos Santos, de 56 anos, foi assassinado com disparos de arma de fogo.

    O caso ocorreu por volta de meio-dia, em uma oficina mecânica na rua Bernardo Michiles, no bairro Petrópolis, na Zona Sul de Manaus.  A vítima foi surpreendida pela ação de três criminosos que chegaram em uma motocicleta e efetuaram um assalto. Tudo foi flagrado por uma câmera de segurança.

    Reagir não é recomendado por especialistas

    Ao reagir a um assalto, a vítima pode colocar sua vida e a de outras pessoas em perigo. Na avaliação do especialista em segurança pública e privada Leonardo Sant’Anna, é fundamental manter a calma no momento.

    "

    Infelizmente, o cidadão está muito vulnerável nessas situações. Reagir nunca é uma boa alternativa, já que a vítima pode colocar a própria vida em risco. É preciso ser racional e ir até a polícia para denunciar os bandidos "

    , afirma o especialista.

     

    “Um criminoso sempre está disposto a machucar. É importante preservar a integridade física primeiro e depois pensar nas providências a tomar. Nunca suponha que o assaltante pode não estar armado, pois essas suposições podem ter efeito contrário e consequências terríveis”, conclui Leonardo Sant’Anna.

    Leia mais

    Jovem de 18 anos ameaça indígenas em aldeia de Autazes e vai preso

    Vídeo impressiona: 14 detentos fogem de carceragem em Iranduba

    Grupo encapuzado invade casa e mata jovem a tiros por suposto acerto


    Comentários