Fonte: OpenWeather

    Cobra do crime


    Vídeo: Traficante usava cobra para torturar rivais por dinheiro

    Segundo a polícia, as sessões de tortura com os devedores começaram há um ano

    O réptil era mantido ilegalmente na casa do suspeito
    O réptil era mantido ilegalmente na casa do suspeito | Foto: Divulgação

    Uma jiboia era utilizada por um suspeito de tráfico de drogas, de 28 anos, para torturar psicologicamente rivais e pessoas que deviam dinheiro para ele. O homem foi preso por policiais da 14ª Delegacia de Polícia (Gama), na terça-feira (8). Ele é acusado, ainda, de crimes ambientais, uma vez que mantinha, ilegalmente, o réptil em casa. 

    A prisão dele aconteceu durante a Operação Constrictor. Segundo a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), foi preciso três meses de investigação e monitoramento de inteligência para efetuar a prisão. A 14ª DP teve apoio de policiais da Seção de Cinofilia do Divisão de Operações Especiais (DOE).

    As investigações começaram após denúncias anônimas. Segundo informações passadas aos policiais, o homem traficaria crack e maconha e, há aproximadamente um ano, usava uma cobra e uma arma para intimidar inimigos e usuários de drogas que lhe deviam dinheiro.

    Os policiais passaram a monitorar o suspeito e confirmaram que ele fazia comércio de entorpecentes. Na terça-feira (8), durante as diligências, o homem foi flagrado em ação. Com ele, encontradas porções de crack e maconha, dinheiro em espécie, arma de fogo, munição, pássaros silvestres e uma cobra jiboia (boa constrictor).

    Veja o vídeo que mostra a cobra utilizada nas intimidações:

    A cobra foi apreendida na ação policial | Autor: Divulgação
     
    Comentários