Fonte: OpenWeather

    Acidente


    Motoqueiro morre atropelado e ainda tem celular furtado; veja vídeo

    Quando a família foi no Instituto Médico Legal recolher o corpo para o velório, se deram por falta do aparelho celular; assista

     

    As imagens foram liberadas esta semana
    As imagens foram liberadas esta semana | Foto: Divulgação

    Um motoqueiro 38 de anos morre após ser atropelado por um caminhão, na rodovia BR-317, no Jardim Industrial, em Maringá, no Estado do Paraná, sentido cidade de Campo Mourão. O acidente foi às 11h30 da manhã de sábado (10) e as imagens foram liberadas esta semana.

    Fernando Baticioto Cruz fazia a volta na rotatória com seu ciclomotor, quando o motorista de um caminhão não viu a moto e provocou uma colisão. Sem controle, Cruz bate de forma violenta em um poste. Apesar da ajuda de populares e a chegada de equipes do Corpo de Bombeiros para o resgate, o homem não resistiu aos ferimentos.

    No entanto, quando a família foi no Instituto Médico Legal recolher o corpo para o velório, se deram por falta do aparelho celular. A viúva foi na delegacia registrar queixa e espera que a policia encontre o possível ladrão.

    Porém, no momento do acidente, um popular registrou um homem que chegou perto do corpo de Fernando, pegou celular que estava ao seu lado, colocou no bolso e foi embora. Como mostram as imagens cedidas ao SBT News.

    A Polícia Civil do Paraná está investigando o caso. O repórter Índio Maringá. da Rede Massa/SBT, no Paraná, entrevistou o delegado do caso que fala sobre as investigações do furto.

    Veja reportagem 

    Homem furta celular de vítima de acidente fatal em Maringá. Família procura por celular da vítima. O SBT News entrevistou o delegado do caso que fala sobre a... | Autor: SBT Jornalismo
     

    *Com informações do site SBT News

    Leia mais 

    Veja o momento em que vizinho invade casa para matar mulher e criança

    Moradores fazem polichinelos por descumprirem toque de recolher; veja

    Mãe e padrasto que mataram bebê por ter feito xixi são condenados


    Comentários