Fonte: OpenWeather

    Crueldade


    SC: comerciante é morto a tiros ao pedir para clientes usarem máscara

    Ele pediu para que os clientes usassem máscara no estabelecimento, mas foi morto com três tiros no pescoço

     

    O homem foi morto porque pediu para que os clientes usassem máscara
    O homem foi morto porque pediu para que os clientes usassem máscara | Foto: Reprodução

    Na cidade de Itapema, em Santa Catarina, o comerciante Daniel Pereira Santos, de 24 anos, foi assassinado a tiros de forma brutal, na noite desta segunda-feira (22), após pedir para um grupo de três clientes usassem máscara no estabelecimento em que ele trabalha. 

    Ele foi baleado na porta da mercearia que administrava junto de seu pai, que estava no local e viu o filho morrer. “Foi muito triste. Era um guri muito trabalhador”, disse Silvano.

    Os suspeitos entraram no local sem máscara e o comerciante reforçou que era proibida a entrada sem o uso do equipamento pelas recomendações sanitárias de combate ao novo coronavírus. Eles compraram bebidas e saíram do local.

    Daniel foi surpreendido na calçada do estabelecimento, por um dos homens com quem havia discutido pelo uso da máscara, já armado, que disparou três vezes no pescoço do jovem. O rapaz foi levado ao hospital da cidade, mas morreu. 

    A Polícia Civil catarinense está investigando o caso. Câmeras de segurança do local foram entregues às equipes da corporação. O delegado responsável pelo caso disse que as testemunhas serão ouvidas ainda nesta terça (23).

    *Informações da Record TV

     Leia mais:

    Jovem é assassinado em área vermelha do Jorge Teixeira

    Homens são fuzilados durante jogo de futebol; veja vídeo

    Comentários