Fonte: OpenWeather

    ESTUPRO


    Ex-vereador e enfermeira são presos por estupro de menina de 13 anos

    Caso aconteceu em Goiás e de acordo com a Polícia Civil, a vítima foi agenciada por uma enfermeira para o político

     

    O crime aconteceu em dezembro de 2020
    O crime aconteceu em dezembro de 2020 | Foto: ISTOCK

    Piranhas (GO) - Uma enfermeira e um um ex-vereador foram indiciados pelo crime de estupro de vulnerável na cidade de Piranhas, no oeste de Goiás. De acordo com a Polícia Civil, uma menina de 13 anos foi agenciada pela profissional de saúde para o político. O crime aconteceu em dezembro de 2020.

    A Polícia Civil não divulgou o nome dos indiciados e informou que eles não quiseram prestar esclarecimentos na delegacia. O delegado responsável pelo caso, Igor Dalmy Moreira, disse que a vítima precisou mudar de cidade devido ao abuso sofrido e que foram pedidas medidas protetivas.

    De acordo com as investigações, a irmã da vítima encontrou uma “pílula do dia seguinte” e questionou a irmã sobre a descoberta. A adolescente contou o que havia acontecido e sua família acionou a polícia. Com a apuração dos fatos, foi constado que a enfermeira incentivou a garota para conseguir dinheiro do ex-vereador.

    Os indiciados respondem em liberdade pelo crime. Se a condenação acontecer, eles podem ficar presos por até 15 anos.

    *Com informações via Jornal de Brasília

    Leia mais

    Duplo homicídio: irmãos gêmeos são executados a tiros em sítio no AM

    Mototaxista é morto com 12 tiros enquanto trabalhava em Manaus

    Quarteto é capturado após assalto a ônibus coletivo em Manaus

    Comentários