Fonte: OpenWeather

    Investigação


    Polícia identifica mulher encontrada morta na Colônia Japonesa

    Vítima teria sido sequestrada no final de semana no bairro São Jorge e foi morta com quatro tiros

    A polícia trabalha na investigação da motivação e autoria do crime. | Foto: Nícolas Daniel Marreco

    Manaus - A Polícia Civil identificou a mulher encontrada morta com quatro tiros, na manhã desta segunda-feira (21), próximo a uma área de mata, na rua Heisei, no Colônia Japonesa, bairro Parque Dez de Novembro, Zona Centro-Sul de Manaus. Trata-se de Bruna Freitas Rodrigues, de 23 anos.

    O cadáver foi localizado por volta das 5h30, após o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) receber informações de popularespelo 190A mulher estava jogada de bruços na via com dois tiros na cabeça e outros dois nas costas.

    Leia também: Mulher morre com 12 tiros em parquinho na frente de sua casa

    No local, cápsulas de pistola calibre 380 milímetros foram recolhidas por peritos criminais do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC). Segundo a polícia, a mulher teria sido sequestrada no beco Umberto de Campos, no bairro São Jorge, Zona Oeste.

    As investigações apontam que Bruna teria sido abordada por homens não identificados, que seriam do bairro da Glória, também na Zona Oeste da capital. A suspeita é de que ela tenha negado aos criminosos a localização do companheiro dela, que seria um traficante de drogas da área.

    Ainda segundo a polícia, um veículo modelo Celta, cor prata, supostamente de propriedade da vítima, foi localizado na avenida Vicente Torres Reis, no bairro São Jorge. O carro estava com para-brisas crivado de tiros.

    Equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve ouvir familiares da vítima e trabalha na investigação da motivação e autoria do crime. 

    Leia mais:

    Pastor evangélico captura assaltante no Jorge Teixeira

    Adolescente de 15 anos morre vítima de tiroteio no Tancredo Neves

    Morre casal baleado com oitos tiros no Zumbi dos Palmares, em Manaus

    Comentários