Fonte: OpenWeather

    Corpo encontrado


    Criança encontrada morta em Manaus teve traumatismo craniano, diz IML

    Raizon Souza Negreiros, de 4 anos, foi encontrado morto em um córrego, no bairro Tancredo Neves, na Zona Leste

    Criança encontrada morta sofreu traumatismo craniano. Polícia continua investigando o caso | Foto: Divulgação

    Manaus – O Instituto Médico Legal (IML) confirmou que o pequeno Raizon Souza Negreiros, de 4 anos, encontrado morto, na manhã desta terça-feira (22), teve traumatismo craniano.

    Questionada pelo Em Tempo sobre o caso, a assessoria da Polícia Civil do Amazonas informou que a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA) ainda não teve acesso ao laudo do IML.Após recebimento do laudo médico, a delegacia deve iniciar as investigações.

    Leia também: Criança de quatro anos foge e é encontrada morta no Tancredo Neves

    Entenda o caso

    O pequeno Raizon Souza Negreiros, de 4 anos, foi encontrado morto em um córrego, na manhã desta terça-feira (22), no bairro Tancredo Neves, Zona Leste de Manaus.

    Vítima apresentava lesões na cabeça e estava junto a um pato, que também estava morto. A vítima estava desaparecida desde as 3h da manhã, após fugir de casa, conforme relatos de vizinhos que acompanharam a remoção do corpo por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML).

    Segundo informações de vizinhos, o menino fugiu da casa em que morava com a família, no beco Natal, por volta das 3h da madrugada. Embaixo do corpo do menino foi encontrado um pato. A casa em que o menino morava com a mãe, o pai e um irmão era do tipo palafita (casa de madeira construída em região de fácil alagação), no beco Natal, também no bairro em que Raizon foi encontrado morto.

    Uma moradora, que não quis ser identificada, disse que a criança vivia fugindo de casa para brincar na rua sem a supervisão dos pais. "A mãe dele o prendia dentro de casa, mas ela virava as costas e o menino já estava na rua", conta. Ainda não há informações sobre a causa da morte. A dona de casa Adrielli Santos, de 25 anos, suspeita que a criança pode ter levado um choque elétrico antes de cair no córrego.

    Segundo o mecânico e pai da criança, Ronaldo Lima de Souza, Raizon sempre fugia para brincar com animais próximos de casa. "Ele gostava muito de brincar com cachorro, pato, galinha", revela o homem. Leia também: Mulher perde bebê após maternidades do Amazonas recusarem atendimento A situação, diz ele, foi desesperadora. "É horrível para qualquer pai passar pelo que eu passei. Foi um desespero ter que retirar o corpo do meu filho daquele lugar", lamentou.

    O corpo de Raizon foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), no bairro Cidade Nova, Zona Oeste de Manaus, onde passa por exame de necropsia para, então, identificar a causa da morte.

    Leia mais:

    Preso homem que atirou e matou grávida na Santa Casa em Manaus

    Piloto sobrevivente de queda de avião está no Hospital 28 de agosto

    Segue internada a vendedora esfaqueada por rival em Ótica na Compensa


    Comentários