Fonte: OpenWeather

    Apresentação


    Preso homem que esfaqueou e matou 'amigo de infância', em Manaus

    Os dois amigos viviam discutindo e, em uma das brigas, Rayjan de Oliveira Chaves, de 27 anos, esfaqueou Carlos Natanael Batista Pereira Júnior, que morreu aos 31 anos de idade

    O crime ocorreu no Conjunto Boas Novas, na Zona Norte de Manaus
    O crime ocorreu no Conjunto Boas Novas, na Zona Norte de Manaus | Foto: Reprodução

    Manaus - Rayjan de Oliveira Chaves, de 27 anos, foi apresentado na manhã desta quarta-feira (23), durante coletiva de imprensa da Polícia Civil do Amazonas, por assassinar Carlos Natanael Batista Pereira Júnior, de 31 anos, em junho de 2017, com uma facada na região do abdômen. 

    O crime ocorreu no Conjunto Boas Novas, na Zona Norte de Manaus. Segundo informações da polícia, Rayjan e Natanael eram amigos de infância, porém, antes do assassinato, moradores afirmam que a dupla havia discutido por um motivo ainda não informado. Na noite do assassinato, a vítima saiu para vender uma bolsa artesanal. 

    Leia também: Morador de rua suspeito de roubos é agredido até a morte no Educandos

    Reyjan foi apresentado pelo delegado titular da DEHS, Jeff David Mac Donald
    Reyjan foi apresentado pelo delegado titular da DEHS, Jeff David Mac Donald | Foto: Ione Moreno

    O acusado teria perseguido Natanael até um local e, quando teve oportunidade, matou o amigo. Na época, a mãe da vítima afirmou que Rayjan era um criminoso conhecido na região.

    A vítima ainda chegou a ser socorrida pelo irmão e levada para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, na Zona Leste da capital amazonense, mas não resistiu e morreu horas depois. 

    Preso homem que matou grávida 

    Clilson Silva de Almeida, de 24 anos, conhecido como “Loirinho”, foi apresentado, na manhã desta terça-feira (22), por envolvimento na morte de Leidiane de Souza Ferreira, que estava grávida de oito meses quando foi assassinada no dia 18 de junho de 2017.

    O corpo da vítima de 19 anos foi encontrado na manhã do dia seguinte, dentro do prédio abandonado da Santa Casa de Misericórdia, localizada na rua 10 de Julho, bairro Centro, Zona Sul de Manaus.

    Edição: Isac Sharlon

    Leia mais: 

    Polícia tem retrato falado e suspeitos de assassinato de advogado

    'Loirinho' sorri ao confessar assassinato de grávida, em Manaus

    Jovem é perseguido por dupla e assassinado com 6 tiros na Compensa

    Comentários