Fonte: OpenWeather

    Agressão


    Após roubar criança, homem é espancado e amarrado em mureta no Centro

    O homem roubou um estudante e depois foi agredido por populares no Centro de Manaus

    Testemunhas do assalto, revoltadas com a situação, amarraram o homem na mureta e iniciaram a sessão de espancamento | Foto: Jael Lucena

    Manaus - Após roubar um celular de uma criança, um homem de 33 anos, que não teve o nome revelado, foi perseguido por pessoas que presenciaram o crime em frente ao Hospital Beneficente Portuguesa, na avenida Joaquim Nabuco, no Centro de Manaus, na tarde desta quarta-feira (23). Ele foi alcançado na área de lazer do Programa Habitacional do Prosamim, entre as ruas Major Gabriel e Walter Rayol, amarrado em uma mureta e agredido por mais de 10 pessoas com chutes, socos e pauladas.

    O caso aconteceu por volta das 16h. Segundo testemunhas, o homem assaltou um estudante, que havia acabado de sair da escola. Ao chegar em frente ao hospital, a criança foi abordada pelo suspeito e teve o celular roubado. Ao ouvirem os gritos da vítima, alguns homens correram atrás do homem, que desceu a rua Ipixuna correndo. Eles conseguiram alcançá-lo, com a ajuda de moradores, na área de lazer.

    Leia também: Pastor estuprou, agrediu e matou filho e enteado, diz polícia

    Testemunhas do assalto, revoltadas com a situação, amarraram o homem na mureta e iniciaram a sessão de espancamento. O homem também teve as roupas removidas e ficou completamente nu. As agressões só foram interrompidas com a chegada de uma viatura da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

     O rosto do assaltante ficou completamente desfigurado
    O rosto do assaltante ficou completamente desfigurado | Foto: Jael Lucena

    Segundo uma testemunha, que preferiu não se identificar, o rosto do assaltante ficou completamente desfigurado. "Bateram nele com pedaços de madeiras. O rosto dele ficou irreconhecível, eu não sei como não morreu", disse o homem.

    O homem foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para um hospital de Manaus. Não há informações sobre o estado de saúde dele, já que ele não foi identificado. A grama do local onde ocorreu o espancamento e a camisa do suspeito, deixa no local, estavam cobertos de sangue. 

    Leia Mais

    Criança encontrada morta em Manaus teve traumatismo craniano, diz IML 

    Tribunal do AM cadastra mais de 6 mil presos em banco de monitoramento 

    Preso homem que esfaqueou e matou 'amigo de infância', em Manaus

    Comentários