Fonte: OpenWeather

    Assalto


    Grupo invade balsa de saúde indígena em Tabatinga e rouba objetos

    Oito homens amarraram e renderam os vigilantes da balsa e levaram dois revólveres calibre 38, telefones e um motor

    Vigilantes foram amarrados e tiveram as armas roubadas | Foto: Divulgação

    Tabatinga – Oito homens armados assaltaram a balsa da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) do município de Tabatinga (a 1.108 quilômetros de Manaus), por volta das 21h, nesta quinta-feira (30). O grupo rendeu dois vigilantes e levaram telefones celulares e dois revólveres calibre 38 dos seguranças. 

    A polícia ainda chegou a trocar tiros com a quadrilha, mas eles escaparam em uma pequena embarcação. De acordo com o coordenador do Distrito Sanitário Indígena do Alto Rio Solimões (DSEI), Weydson Pereira, o local fica na orla do município, porém, com a seca do rio, a base está distante da terra firme. 

    Os vigilantes foram rendidos e amarrados. Fora os dois, não havia mais ninguém no local no momento do assalto. Ainda de acordo com o coordenador, outros órgãos também utilizam a balsa para atracar pequenas embarcações. “Canoas e botes da Polícia Militar, do Instituto Federal do Amazonas e outros órgãos usam a balsa”, comentou. 

    Dentre os itens levados, o coordenador lamenta por um motor recém adquirido pela unidade de saúde. “Ele estava novo, não tinha nem dez dias. Iria nos ajudar muito a chegar nas comunidades indígenas distantes”, comentou. 

    A polícia está em busca dos assaltantes.

    Leia mais: 

    Transportadores de drogas de Tabatinga para outros Estados são presos

    Preso homem que cortou mão de mulher durante assalto em Tabatinga

    Tabatinga, cidade de tríplice fronteira, completa 35 anos nesta quinta

    CIDADANIA - ELEIÇÕES 2018

    Comentários