Fonte: OpenWeather

    Execução


    Sucessor de 'João Branco' no Mauazinho é morto com 27 tiros, em Manaus

    Melk comandava o tráfico no Mauazinho. Ele foi morto na saída de um baile funk

    Melkzedek comandava o tráfico de drogas no Mauazinho | Foto: Josemar Antunes

    Manaus - Considerado pela polícia como sucessor do narcotraficante João Pinto Carioca, o "João Branco",  Melkzedek Monteiro de Oliveira, de 33 anos, conhecido como "Melk", foi executado com 27 tiros, na madrugada deste domingo (23). O crime aconteceu na saída de um baile funk no bairro Mauzinho, Zona Leste de Manaus.

    Familiares relataram à polícia que Melk estava em um baile funk, na rua Santa Luzia com a avenida Rio Negro, quando saiu do local acompanhando de uma mulher, para pegar dinheiro no carro dele.

    Quando abriu a porta do veículo, segundo testemunhas, Melk foi surpreendido por homens em um carro modelo Ford/Eco Sport, de cor prata. Foram disparados aproximadamente 30 tiros na direção da vítima. Ele, segundo o registro do Instituto Médico Legal (IML), foi atingindo por 27 disparos.

    Na ocasião, uma pessoa, que não teve o nome divulgado, também foi atingida com um tiro na perna. Melk e a outra pessoa baleada foram levados para o Pronto-Socorro (PS) João Lúcio, na Zona Leste. 

    Melk já havia sido preso em 2016
    Melk já havia sido preso em 2016 | Foto: Divulgação

    Entretanto, Melk não resistiu aos ferimentos e morreu minutos depois de dar entrada na unidade hospitalar. Não há informação sobre o estado de saúde da segunda vítima. 

    Um homem suspeito de participar da execução foi preso pela Polícia Militar. Ele foi levado para o 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP). A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o crime.

    Ameaça a delegada

    Melk era acusado de ameaçar de morte uma delegada do 29° Distrito Integrado de Polícia (DIP), unidade responsável pelas investigações e registros das ocorrências policiais do bairro Mauazinho. Ele também é suspeito de mandar matar um morador da área.

    Sucessor de João Branco 

    De acordo com informações da DEHS, Melk comandava o tráfico de drogas no bairro Mauazinho. Ele assumiu o posto após João Branco, um dos líderes da facção criminosa Família do Norte (FDN), ser preso. O narcotraficante cumpre pena no presídio federal de Catanduvas (PR).

    Melk foi preso em 2016 durante uma operação da Polícia Civil no Mauazinho. Na época, com ele e mais seis pessoas, a polícia encontrou uma pistola calibre 380, outra 9mm, três espingardas 12, uma submetralhadora e um revólver 38.

    Leia mais: 

    ‘Chefes do tráfico’ usam carros alugados para execuções em Manaus

    Seguidor de 'Zé Roberto da Compensa' é preso com droga, em Manaus

    Tatuagens de criminosos revelam códigos e perfis de facções no AM

    Comentários