Fonte: OpenWeather

    Manifestação


    Protesto de motoristas marca a apresentação de criminosos da Rota 99

    A vítima foi encontrada com uma faca no olho e diversas perfurações pelo corpo, no dia 28 de setembro deste ano

    Confira reportagem | Autor: TV Em Tempo

    Manaus -Motoristas de aplicativos de Manaus protestaram nesta terça-feira (16), na Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), na zona Centro-Sul, durante a apresentação dos suspeitos pela morte de Sidney Barbosa de Araújo, de 41 anos, motorista que desapareceu após chamada para corrida via aplicativo e foi encontrado morto dois dias depois, com marcas de agressão em setembro deste ano.

    | Foto: Marcely Gomes/ Em Tempo

    Entre gritos e clamor de justiça por parte dos motoristas, os casais Adelia Frota Dias, de 37 anos, Joel Dantas da Silva, de 43, Alice Almeida de Souza e Junio da Silva Pereira conhecido como "J2", ambos de 34 anos, foram apresentados como os suspeitos pela morte de Sidney. 

    De acordo com o titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), delegado Cícero Túlio, a "Operação 99" chegou até o município de Presidente Figueiredo para realizar a prisão de dois dos suspeitos.

    "Adélia foi presa na BR 174, Joel estava no beco São Sebastião no bairro Parque Dez de Novembro, já Alice e Junio foram encontrados na comunidade Canoas, localizada na zona rural de Presidente Figueiredo. De acordo com Alice, ela, Adélia e Joel faziam as solicitações pelo aplicativo, enquanto J2 e Pivete, que está desaparecido, realizavam os roubos e foram os responsáveis pela morte de Sidney", explicou o delegado.

    Procurado

    Luciano Bezerra Ramos, mais conhecido como "Pivete", procurado por participação na morte de Sidney Barbosa.
    Luciano Bezerra Ramos, mais conhecido como "Pivete", procurado por participação na morte de Sidney Barbosa. | Foto: Divulgação

    Segundo informações da polícia, outro integrante do grupo, que participava dos roubos de veículos e latrocínios em Manaus e estaria envolvido na morte do motorista é Luciano Bezerra Ramos, mais conhecido como "Pivete".

    Família que encontrou o corpo

    De acordo com a irmã que encontrou o corpo do motorista, assim que perceberam o sumiço de Sidney buscaram ajuda da polícia, que alegou iniciar as buscas 48 horas após o desaparecimento.

    "Depois que minha cunhada falou com o Sidney ele simplesmente não voltou. Ficamos preocupadas e entramos em contato com a polícia, que disseram que só poderiam buscar meu irmão depois de 48 horas. Nós localizamos meu irmão pelo e-mail cadastrado no aplicativo. Ele já estava em estado de decomposição com a faca no olho e várias perfurações pelo corpo", disse uma das irmãs que prefere não se identificar.

    | Foto: Marcely Gomes/ Em Tempo


    Motoristas revoltados

    Mais de 50 motoristas ocuparam a recepção da delegacia, entre os gritos de justiça e insultos aos envolvidos na morte de Sidney, os manifestantes questionaram sobre quais ações serão tomadas pela justiça do estado. 

    "Nós acreditamos na polícia, mas tem um foragido. E depois dessa apresentação, eles vão ser soltos, vão ficar livres com tornozeleira, o que vai acontecer? Porque eles tem nossos nomes e as placas dos nossos carros, enquanto nós não temos segurança nenhuma e o que resta é a incerteza, o medo de que essas pessoas estejam livre de novo para fazer uma nova chamada e matar mais algum companheiro. Todos os dias vamos cobrar da justiça para que esse caso vá para juri popular", disse Edson Golçalves, há um ano e meio trabalhando com aplicativos.

    Luan Leão trabalha como motorista de aplicativo há um ano e três meses, e assim como Sidney, recebeu uma solicitação de corrida e sofreu durante o trajeto assalto no bairro Dom Pedro.

    "Fui chamado do mesmo jeito que o Sidney, Fui muito agredido e tive um prejuízo grande, mas principalmente emocional. Infelizmente não pegaram os responsáveis pelo o que houve comigo e é vida que segue, com medo de que algo pior aconteça durante um dia de trabalho", relatou Luan.


    Leia mais 

    Polícia prende suspeito de matar motorista de aplicativo em Manaus

    Motoristas de aplicativos pedem ações contra insegurança em Manaus

    Crueldade: motorista assassinado estava com faca cravada no olho

    Comentários