Fonte: OpenWeather

    Em Manaus


    Vendedor de churrasco é morto a tiros a poucos metros de delegacia

    O crime aconteceu próximo à Delegacia de Homicídios, na Avenida Autaz Mirim. Os suspeitos consumiram churrasco na banca do vendedor antes de matá-lo

    Nenhuma ação policial foi feita para evitar a fuga dos criminosos | Foto: Daniel Landazuri

    Manaus - O autônomo Elvis José Fonseca Marinho, de 29 anos, foi morto com dois tiros na noite deste sábado (15), enquanto vendia churrasco em uma banca, instalada em frente a uma loja de autopeças, a cerca de 200 metros da Delegacia Especializada em Homicídio e Sequestros (DEHS), na avenida Autaz Mirim, Zona Leste de Manaus. 

    O irmão da vítima, que também trabalhava no local, informou à Polícia Civil que dois homens chegaram e pediram espetinhos de carne na banca. Depois de consumirem o churrasco, os suspeitos disseram que não pagariam a comida e exigiram o dinheiro das vendas. Elvis reagiu e foi morto a tiros. 

    Em depoimento do irmão, os assassinos efetuaram cinco disparos na direção do autônomo, que foi atingido apenas com dois, sendo um no tórax e uma das mãos quando tentava se defender.

    Apesar do crime ter sido cometido a poucos metros da unidade policial, de acordo com o familiar, nenhuma ação foi feita para evitar a fuga dos criminosos. 

    A Polícia acredita que a motivação do crime não seja assalto, mas execução, por motivo ainda não revelado.

    Os investigadores devem solicitar imagens das câmeras de segurança da região para tentar identificar os suspeitos. O caso será investigado pela DEHS. 

    Leia mais

    Dono de bar é morto a tiros em Manaus e família suspeita de vingança

    Industriário encontra corpo em confraternização de empresa no Tarumã

    Irmão de jovem decapitada é morto a tiros dentro de casa, em Manaus

    Comentários