Fonte: OpenWeather

    Em Manaus


    Adolescente denuncia vizinho por estupro cometido em 2018

    Um inquérito policial foi aberto e a vítima encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML), para a realização de exames de conjunção carnal e coito anal

    Manaus -  Uma adolescente de 16 anos denunciou na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), nesta quinta-feira (14), um estupro sofrido por ela, cometido por um vizinho, no dia 8 de agosto de 2018, em uma estação de transporte alternativo, localizada no conjunto residencial Viver Melhor, bairro Lago Azul, zona Norte de Manaus.

    Segundo informações repassadas pela Polícia Civil do Amazonas (PCAM), a vítima, que na época tinha 15 anos, foi abordada pelo homem por volta das 11h na estação e abusada pelo acusado, cujo nome não foi divulgado pela polícia.

    Um inquérito policial foi aberto e a vítima encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML), para a realização de exames de conjunção carnal e coito anal. Se houver confirmação do estupro, o homem será encaminhado à Depca.

    Medo de denunciar o estuprador

    Em muitos casos, a vítima, após sofrer o estupro, prefere não falar para amigos e familiares por causa do medo. Pois ainda existe a ideia de que a violência sexual é uma 'desonra', ou de que ela tenha tido um comportamento que fizesse o estuprador cometer o ato.

    Segundo a polícia, além de ter vergonha de falar sobre o assunto, em outros casos, a vítima teme por represálias do criminoso.

    Edição: Bruna Chagas

    Leia mais

    Vídeo: vizinho é preso por estuprar adolescente desde os 5 anos no AM

    Agricultor é preso por estuprar neta de 9 anos no interior do Amazonas

    'É filha da minha mulher, então é minha', diz padrasto sobre estupro




    Comentários