Fonte: OpenWeather

    Mandados de prisão


    Vídeo: 'Mano B' da FDN é preso e confessa 5 assassinatos no Amazonas

    As mortes estão relacionadas com o tráfico de drogas em Iranduba, garante a Polícia Civil

    Mano B foi preso na casa mãe,  na Zona Leste de Manaus
    Mano B foi preso na casa mãe, na Zona Leste de Manaus | Foto: Josemar Antunes

    Manaus – Com cinco assassinatos confessados, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) apresentou na manhã desta quinta-feira (21), Bruno Pereira Magalhães, de 23 anos, conhecido como “Mano B”. Segundo a polícia, ele é membro da facção criminosa Família do Norte (FDN).

    As mortes atribuídas ao investigado estão relacionadas ao tráfico de drogas no município de Iranduba (distante 27 quilômetros de Manaus). A prisão ocorreu na manhã do dia 13 de março deste ano. “Mano B” era considerado foragido.

    Ele foi encontrado na casa da mãe, na rua 28 de Agosto, no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus. Os mandados de prisão preventiva por homicídio e ocultação de cadáver foram expedidos pelo juiz Carlos Henrique Jardim da Silva, da 2ª Vara Criminal de Iranduba.

    De acordo com a delegada Sýlvia Laureana, titular da 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), “Mano B” estava sendo investigado pelos assassinatos de Ezequiel do Nascimento da Silva, de 23 anos, e David Souza Brás, de 26 anos. Os crimes ocorreram em decorrência ao envolvimento das vítimas com o tráfico de drogas.

    Delegada Sýlvia Laureana
    Delegada Sýlvia Laureana | Foto: Josemar Antunes/Em Tempo

    Ezequiel foi morto a tiros no dia 29 de setembro do ano de 2015, no bairro Graça Lopes. Dois anos depois, “Mano B” participou na morte e ocultação de cadáver de David Brás. O crime ocorreu no dia 8 de julho daquele ano, no bairro Morada do Sol.

    “Bruno vinha comandado a venda de entorpecentes nos bairros Graça Lopes e Morado do Sol desde 2014. Além dos homicídios e ocultação de cadáver, Bruno está envolvido em diversos crimes, entre eles, tentativa de homicídio, tráfico de drogas, roubos e ameaça”, disse a delegada Laureana.

    Durante as investigações, “Mano B” confessou mais três assassinatos. As vítimas identificadas como Sidney Souza da Conceição, conhecido como “Sidão”; Railson da Silva Menezes, de 24 anos, vulgo “Crente Vip”, e Israel dos Santos Gama, chamado “Novato”.

    Bruno foi indiciado por dois homicídios qualificado, além de ocultação de cadáver. Ele ficará preso no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), no quilômetro 8 da BR-174, onde aguardará à decisão da Justiça.

    Edição: Isac Sharlon

    Veja reportagem da TV Em Tempo:

    Veja a reportagem | Autor: Bárbara Mitoso/TV Em Tempo

    Leia mais:

    Membros da FDN ostentam armas de grosso calibre em foto na internet

    Briga entre facções: Comando Vermelho ameaça FDN com funk no Amazonas

    Jovens são torturados por membros da FDN e escapam da morte, em Manaus


    Comentários