Fonte: OpenWeather

    Investigação


    Membros do CV executaram jovem por engano no Aleixo, diz investigação

    Renan Pereira Abreu foi morto dentro de um carro, no dia 27 de abril

    O crime aconteceu no dia 27 de abril | Foto: Josemar Antunes

    Manaus - O assassinato de Renan Pereira Abreu, de 22 anos, está um passo parar ser solucionado pela equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). O jovem foi morto com três tiros na madrugada do dia 27 de abril deste ano, na rua Oriental, no bairro Aleixo, na Zona Centro-Sul de Manaus. 

    De acordo com uma fonte policial, Renan foi executado por engano por ocupantes de um carro Cobalt, de cor branca. Os assassinos, já identificados pela polícia, seriam integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV). Renan era usuário de drogas, mas o alvo da ação criminosa seria o amigo dele, ainda não identificado. 

    No dia do crime, policiais militares da 22ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) informaram, conforme relatos de testemunhas, que Renan teria ido ao local com um amigo para buscar uma mulher, em um carro Gol, de cor vermelha, de placa JXY-2504. 

    O trio tinha como destino uma festa, conhecida como "Pagode do Triângulo", na avenida André Araújo, no bairro São Francisco, na Zona Sul. Entretanto, a equipe da DEHS descobriu que além de Renan, que dirigia o veículo, estavam no carro outros dois homens na companhia da vítima. 

    Contrariando a versão inicial, a equipe da DEHS identificou que os três amigos não teriam ido buscar nenhuma mulher, mas sim comprar drogas no local, em uma área considerada de domínio do CV.

    A polícia informou, ainda, que o amigo da vítima é membro da facção criminosa Família do Norte (FDN), rival do CV, e seria o alvo dos criminosos. 

    Renan foi encontrado morto minutos depois dentro do Gol, com um tiro na escápula esquerda, que transfixou no coração, além de duas perfurações no flanco esquerdo. No local, foram recolhidas sete cápsulas de munições calibre ponto 40. 

    Imagens de câmeras de segurança próximo ao local do crime foram solicitadas pela DEHS, que atua no caso.

    Leia mais: 

    Homem é morto enquanto comia churrasco na Zona Oeste de Manaus

    Polícia prende homem com fuzis que seriam levados para a Rocinha

    Assaltante é morto a tiros por 'justiceiro' no Parque das Laranjeiras

    Comentários