Fonte: OpenWeather

    Inquérito


    Justiça ouve suspeitos de matar criança de 3 anos em Coari, no AM

    Menina de três anos foi a óbito em tentativa de assalto à residência onde morava

    O crime ocorreu em novembro de 2018
    O crime ocorreu em novembro de 2018 | Foto: Divulgação

    Coari - A 1ª Vara da Comarca de Coari (município distante 444 quilômetros de Manaus) deu início nesta semana à fase de instrução da Ação Penal que apura o assassinato de uma criança de três anos de idade durante uma tentativa de assalto à residência onde morava. O crime ocorreu em novembro de 2018.

    Em audiência conduzida pelo juiz de Direito Fábio Lopes Alfaia, foram interrogados os suspeitos Kelio Cardoso Saldanha, Carlos Antônio Pinho de Matos Junior, Andrew Araújo da Silva, Raimundo Luciano da Costa Vasconcelos e Wendell de Sena Pereira – que cumprem prisão preventiva – além de Sebastião Rômulo de Melo Vasconcelos.

    Os seis suspeitos foram denunciados pelo Ministério Público Estadual e figuram como réus no processo nº 0000942-63.2018.8.04.5800.

    Na mesma audiência, também foram ouvidas testemunhas de acusação, testemunhas de defesa além de um dos sobreviventes do assalto, o avô da criança.

    Esq. para direita: Raimundo Luciano (mandante do crime); Carlos Antonio (efetuou os disparos); Wendel de Sena, Keilo Cardoso Saldanha, Sebastião Rômulo (emprestou a moto utilizada no crime) e Andrew Araújo (forneceu a arma de fogo).
    Esq. para direita: Raimundo Luciano (mandante do crime); Carlos Antonio (efetuou os disparos); Wendel de Sena, Keilo Cardoso Saldanha, Sebastião Rômulo (emprestou a moto utilizada no crime) e Andrew Araújo (forneceu a arma de fogo). | Foto: Divulgação/Polícia Civil do Amazonas

    Conforme inquérito policial presente nos autos, o assalto que vitimou a criança ocorreu por volta das 20h30 do dia 20 de novembro de 2018, quando os denunciados se dirigiram até a casa das vítimas e simulando uma entrega, tentaram invadir a residência.

    Ao perceber a tentativa de roubo, o pai da criança tentou obstruir a entrada dos denunciados e um deles efetuou um disparo que atingiu sua mão esquerda e também quebrou os vidros da porta. Após o primeiro disparo, outro tiro foi disparado, este atingindo o peito da criança, que foi a óbito.

    Conduzindo as audiências desta semana, o juiz Fábio Lopes Alfaia informou que foram ouvidas testemunhas e vítima (sobrevivente) e que a fase de instrução terá continuidade em aproximadamente 30 dias, após a realização de novas diligências.

    O magistrado informou, ainda, que um grande número de populares acompanhou, do lado de fora do Fórum de Justiça, o término das audiências e que os réus, antes de serem reconduzidos à unidade prisional do Município, foram hostilizados pela população.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Dois homens são mortos na madrugada deste domingo, em Coari

    Preso suspeito de estuprar criança que conheceu por app, em Manaus


    Comentários