Fonte: OpenWeather

    Represália


    Após mortes no Compaj, traficantes ordenam toque de recolher em Manaus

    Comerciantes do Viver Melhor foram "intimados" a fechar os estabelecimentos em memória dos detentos mortos no Compaj. Traficantes chegaram a dar vários tiros

    Conflito pode estar relacionado a morte dos detentos no Compaj | Foto: Reprodução

    Manaus -  Na noite deste domingo (28), aproximadamente dez indivíduos munidos com arma de fogo ameaçaram comerciantes no Residencial Viver Melhor 2, bairro Santa Etelvina 2, Zona Norte de Manaus. O "toque de recolher" foi feito por volta das 19h e os traficantes chegaram a disparar vários tiros para o alto com o objetivo de intimidar os moradores que permaneciam na rua.

    Segundo policiais da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o "toque de recolher" pode ter sido motivado pelas mortes que ocorreram no regime fechado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

    “Eles começaram a disparar para o alto, fazendo com que o pessoal fechasse seus comércios e os moradores se escondessem dentro das casas. Seis equipes da polícia foram acionadas. Quando os indivíduos viram as viaturas, fugiram para uma área de mata”, confirmou o segundo-tenente Abraão. 

    Não houve conflito entre a polícia e os indivíduos. O policial informou que o local vive uma briga entre facções que disputam as bocas de fumo da área, e as mortes dos detentos no Compaj podem ter agravado a relação entre eles.

    Mortes

    Após sete horas de espera, foi confirmada a morte de 15 detentos na rebelião que ocorreu por volta das 11h30 deste domingo (26), no Compaj. Dos 15 mortos, cinco eram do pavilhão 3 e dez eram do pavilhão 5. Todos os detentos cumpriam pena em regime fechado. Clique aqui para ver a lista de mortos.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Veja quem são os mortos na rebelião do Compaj, no Amazonas

    'De helicóptero, PMs atiraram em presos', diz Epitácio Almeida da OAB

    Comentários