Fonte: OpenWeather

    Puraquequara


    Familiares de presos fazem manifestação no presídio do Puraquequara

    As equipes da unidade prisional não confirmam óbitos. Extraoficialmente, há boatos de que 6 presos também foram mortos no local. A falta de informação fez os familiares fecharem a via e atearem fogo em um sofá

    Há suspeitas de 4 detentos assassinados na unidade. | Foto: George Dantas

    Manaus - No começo da tarde desta segunda-feira (27), as equipes da Polícia Militar se deslocaram à Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), no bairro Puraquequara, zona Leste de Manaus, após especulações de que no local há registro de mortes de detentos.

    O ato ocorreu um dia após a chacina que ocorreu  no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). No local, 15 internos da unidade prisional. Já nesta segunda-feira, o Instituto Médico Legal (IML) confirmou a morte de outros 10 presos em unidades diferentes do Estado, como o Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT) e novamente no Compaj.

    Até o momento, as equipes da unidade prisional não confirmam óbitos na UPP. Mas, segundo informações extraoficiais, 6 detentos podem ter sido assassinados dentro da unidade. O boato fez com que diversos familiares fossem para frente da unidade em busca de informações. 

    Revoltados por não receberem notícias oficiais, os populares fecharam a rua principal com pedaços de madeira e um sofá. Eles chegaram a atear fogo no móvel, mas foram contidos pela Polícia Militar.

    Veja reportagem na UPP:

    Outra manifestação

    Do outro lado da cidade, desta vez no quilômetro 8 da BR-174, familiares de presos do Ipat e Compaj fazem mobilizações pelo mesmo motivo. Eles bloquearam a rodovia e impediram a passagem de caminhões e outros veículos pela via. 

    Um caminhão tentou furar o bloqueio e atingiu a esposa de um preso, que não teve o nome divulgado.

    Segundo a família de um dos internos, na madrugada desta segunda (27), uma suposta lista com os nomes dos internos marcados para morrer circulou dentro da UPP. A polícia não se pronunciou sobre a denúncia.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Seap confirma detentos mortos por enforcamento em prisões de Manaus

    Mais 10 detentos mortos em presídios de Manaus nesta segunda

    Comentários