Fonte: OpenWeather

    Transferência


    Detento transferido para presídio federal participou de massacre 2017

    "Caroço" foi um dos líderes da chacina ocorrida nos dias 26 e 27 deste mês nos presídios do Amazonas

    Janes do Nascimento Cruz, o "Caroço", transferido nesta terça-feira (28)
    Janes do Nascimento Cruz, o "Caroço", transferido nesta terça-feira (28) | Foto: Divulgação

    Manaus - Na tarde desta terça-feira (28), Janes do Nascimento Cruz, o "Caroço", foi transferidos juntamente com mais oito detentos. A transferência foi realizada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) que encaminhou os infratores para um dos presídios federais de segurança máxima. Seap, informou que por questões estratégicas, não pode divulgar o destino dos detentos neste momento.

    Janes foi preso em março de 2011, por tráfico de drogas e associação para o tráfico e estava confinado no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) desde então. "Caroço" segundo a Seap, é um dos líderes da chacina ocorrida no sistema penitenciário do Estado, no último domingo e segunda (26 e 27), que vitimou 55 pessoas. O detento também é tido como um dos envolvidos no massacre ocorrido em janeiro de 2017, no Compaj, considerado até hoje o maior do Amazonas. Na ocasião, 56 pessoas morreram depois de uma rebelião que durou 17 horas.

    Transferência

    A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) realizou na tarde desta terça-feira , a transferência dos primeiros nove detentos identificados como sendo líderes dos assassinatos ocorridos no sistema penitenciário do Estado, no último domingo e segunda (26 e 27). Por questões estratégicas, a Seap não pode divulgar o destino dos detentos neste momento.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    'João Branco' tenta golpe contra 'Zé Roberto' para liderar FDN sozinho

    Polícia atirou em detentos que tentavam fazer agentes reféns no AM

    Comentários