Fonte: OpenWeather

    Transferência


    'Anjinho' do PCC é transferido após massacre em cadeias de Manaus

    Felipe é um pistoleiro do PCC e tem várias passagens pela polícia. Ele é acusado de ter matado mais de 10 pessoas em Manaus

    Felipe é filho do traficante Sebastião Ribeiro Marinho Filho, o “Velho Sabá”, de 53 anos, morto no massacre de 2017 | Foto: Arquivo/Em Tempo

    Manaus - Um dos líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), o Felipe Batista Ribeiro, mais conhecido como “Anjinho”, suspeito de participar de 10 homicídios em Manaus, foi transferido nesta terça-feira (28), para uma unidade prisional de segurança máxima. Ele é apontado como um dos líderes do massacre nos presídios do Amazonas, no último domingo e segunda (26 e 27), que resultou na morte de 55 internos.

    A transferência dos detentos para presídios federais de segurança máxima foi uma resposta à solicitação do governador do Amazonas, Wilson Lima, ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informa ainda que, por questões estratégicas, não pode divulgar o destino dos detentos neste momento.

    "Anjinho"

    De acordo com a polícia, Felipe é filho do traficante Sebastião Ribeiro Marinho Filho, o “Velho Sabá”, de 53 anos, que foi morto durante o massacre no Complexo Penitenciário Anísio Jombim (Compaj), ocorrido no dia 1º de janeiro de 2017, que resultou na morte de outros 56 detentos.

    Em uma das prisões envolvendo Felipe, a polícia encontrou um fuzil calibre 556, uma pistola calibre 9 milímetros, três coletes balísticos, 172 munições de fuzil, quatro celulares, seis carregadores de fuzil, uma balança de precisão, além de dez pacotes de cocaína.

    Felipe é um pistoleiro do PCC e tem várias passagens pela polícia. Acusado de ter matado mais de 10 pessoas. Em 2016, ele foi preso por ter executado o integrante da facção criminosa Família do Norte (FDN), Antônio Nilson Freitas, mais conhecido como “Seninha”, de 32 anos.

    Leia mais: 

    'João Branco' tenta golpe contra 'Zé Roberto' para liderar FDN sozinho

    39 famílias dos mortos em rebelião nos presídios do AM são ouvidas

    Em meio à crise nos presídios, PM-AM pede ‘tranquilidade’ da população


    Comentários