Fonte: OpenWeather

    Intervenção


    Reforço Federal atuará nos presídios palco de rebeliões no Amazonas

    Equipe vai capacitar agentes penitenciários e integrantes do Grupo de Intervenção Penitenciária

    100 homens da FIP devem atuar nos presídios de Manaus
    100 homens da FIP devem atuar nos presídios de Manaus | Foto: Bruno Zanardo/Secom

    Manaus- Um grupo de 10 integrantes da Força de Intervenção Penitenciária (FIP) chegou a Manaus na noite de ontem (28) e mais 73 desembarcam nesta quarta-feira (29) na capital do Amazonas, segundo informações repassadas pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública à Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). O grupo vai reforçar o monitoramento das unidades prisionais do estado e também capacitar agentes penitenciários e profissionais do Grupo de Intervenção Penitenciária (GIP), criado este ano pelo Governo do Amazonas.

    No domingo (26), um coordenador da Força de Intervenção Penitenciária chegou a Manaus para iniciar as tratativas com a cúpula de segurança pública do Estado. Conforme conversa do governador Wilson Lima com o ministro Sérgio Moro, pelo menos 100 homens da FIP devem atuar nos presídios de Manaus.

    O grupo vai operar em todos os presídios do Amazonas, especialmente naqueles onde aconteceram as mortes dos internos. Segundo o secretário-executivo da Seap, tenente-coronel André Luiz Gioia, entre os procedimentos realizados pela FIP está a realocação de internos ameaçados.

    “Já contextualizamos para eles o que aconteceu e eles vão fazer uma análise de todas as unidades e estabelecer um protocolo de procedimentos para saber como vão atuar. Após essa análise, eles vão atuar na capacitação dos agentes que trabalham nas unidades prisionais, bem como o GIP. Eles vão analisar, fazer um protocolo de atuação e aplicar nessa capacitação”, afirmou o secretário-executivo.

    O grupo também deve auxiliar no monitoramento de outras unidades penitenciárias, dando suporte às equipes de segurança nos locais.

    Transferência de presos

    Na terça-feira (28), nove detentos, identificados como mandantes das 55 mortes ocorridas nas penitenciárias de Manaus no último domingo e segunda-feira, foram transferidos para presídios federais. Três foram para a Penitenciária Federal de Brasília, no Distrito Federal. Outros seis foram para Penitenciária Federal de Catanduvas, no estado do Paraná. Até o fim da semana, outros 20 internos também devem ser transferidos para presídios federais.

    “Nós precisamos preparar toda a documentação dos internos, encaminhar para o Judiciário do Amazonas, que então encaminha para a Justiça Federal, para que a Justiça Federal possa abrir a vaga nas unidades federais. Depois disso, a Justiça retorna para o Estado e a Seap providencia a aeronave para fazer o deslocamento”, explicou o secretário-executivo.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Tropa federal chega ao Amazonas para conter crise prisional

    Governo do Amazonas anuncia fim do contrato com Umanizzare

    Comentários