Fonte: OpenWeather

    violência sexual


    Após palestra em escola de Manaus, criança denuncia tio por estupro

    A estudante tem 7 anos e decidiu denunciar o tio após assistir uma palestra. O crime ocorreu na Zona Norte

    Denuncia foi formalizada na terça (28), porém só foi divulgada nesta quarta (29) | Foto: Divulgação

    Manaus - Uma menina de sete anos, moradora do conjunto Oswaldo Montenegro, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus, denunciou o próprio tio, um adolescente de 16 anos, por abuso sexual. O crime, segundo a vítima, aconteceu há quase três meses, na casa da família. No entanto, somente na noite dessa terça (28), a vítima conseguiu contar sobre o que havia acontecido para a mãe, após assistir uma palestra sobre violência sexual na escola onde estuda. 

    A delegada Elizabeth de Paula, titular da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), informou ao Em Tempo que o caso ocorreu no dia 3 de março deste ano. Na época, a mãe da menina recebeu uma proposta de emprego e deixou o adolescente, que é cunhado dela, cuidando da criança. O jovem teria aproveitado o momento para violentar a vítima. 

    “A menina foi encorajada após uma palestra na escola. Ela contou sobre os abusos à mãe, que tomou as providências de imediato”, disse a delegada. 

    Por volta das 23h de terça, todos os envolvidos no caso foram conduzidos por policiais da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) para a Deaai. 

    “A vítima e o suspeito confirmaram, em depoimento, que houve estupro durante os depoimentos. A mãe da vítima está bastante abalada. Infelizmente, como passou do período de flagrante, o adolescente deve responder pelo ato infracional em liberdade”, informou Elizabeth, que ainda ressaltou a importância sobre os debates e educação sexual nas escolas. 

    “É louvável o papel dos professores, mas os pais e responsáveis precisam ficar ligados no comportamento dos filhos”, disse. 

    Ainda conforme Elizabeth, o caso foi encaminhado ao Ministério Público do Estado do Amazonas, que já solicitou exames de conjunção carnal e coito anal na vítima e está adotando todos os procedimentos cabíveis. 

    Edição: Isac Sharlon

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Padrasto é preso por estupro de enteadas de 3 e 5 anos no Amazonas

    Adolescente denuncia vizinho por estupro cometido em 2018

    Comentários