Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    Homem é executado a tiros em área vermelha da Zona Norte de Manaus

    A suspeita de moradores da comunidade é que o assassinato tenha relação com a rixa interna FDN, responsável pelo tráfico de drogas na região

    Local onde a vítima aguardava por socorro médico
    Local onde a vítima aguardava por socorro médico | Foto: Daniel Landazuri

    Manaus - Um homem identificado como Laércio Ajuricaba do Nascimento, de 24 anos, foi executado a tiros na tarde desta quarta-feira (29), em uma área vermelha do bairro Lago Azul, na Zona Norte de Manaus. Segundo testemunhas, após ser alvejada a vitima foi colocada em uma tábua de madeira e carregada pelos moradores  até a esquina da rua 4 com Alameda B, onde morreu na espera de socorro médico. 

    A suspeita de moradores da comunidade é que o assassinato tenha relação com a rixa interna na facção criminosa Família do Norte (FDN), responsável pelo tráfico de drogas naquela região.

    "O bairro nasceu de uma invasão e o local onde teve essa morte fica em uma baixada, onde o tráfico é intenso. Toda a região é dominada pela FDN, foi uma disputa por território", contou o morador, que pediu animato. 

    A vítima morreu na calçada de um estabelecimento
    A vítima morreu na calçada de um estabelecimento | Foto: Divulgação

    Ainda conforme testemunhas, o jovem conversava com amigos quando foi surpreendido por um grupo criminoso. Após os disparos os suspeitos fugiram a pé. Nenhum deles foi identificado. 

    “Ele foi atingido com tiros à queima-roupa nas costas, o atirador usava uma espingarda, calibre 12. Na hora dos disparos os amigos dele também correram, depois voltaram e carregaram ele para uma rua principal e tentaram acionar o socorro, mas ele morreu na calçada”, disse um comerciante, que por medo de represálias não quis se identificar. 

    Policiais militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), foram acionados para atender a ocorrência, mas não localizaram nenhum dos suspeitos. 

    O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). O caso deve ser investigado pela Polícia Civil. 

    Leia mais

    Rastro de sangue: três homens são mortos em área vermelha de Manaus

    Após chacina, 'racha' na FDN gera conflitos fora das cadeias em Manaus

    'Anjinho' do PCC é transferido após massacre em cadeias de Manaus

    Comentários