Fonte: OpenWeather

    massacre em presídios


    Apenas três corpos de presos mortos em presídios ainda estão no IML

    52 já foram liberados para os familiares

    Outros três cadáveres aguardam o reconhecimento
    Outros três cadáveres aguardam o reconhecimento | Foto: Josemar Antunes/Em Tempo

    Manaus - O Instituto Médico Legal (IML) informou, na manhã desta quinta-feira (30), que os corpos dos 55 detentos mortos no massacre em presídios de Manaus, no domingo (26) e segunda (27), 52 já foram liberados para os familiares. Outros três cadáveres aguardam o reconhecimento. 

    Segundo informações do órgão, os três corpos já passaram por exames de necropsia e aguardam a comparação de documentos cíveis com os exames papiloscópico e DNA. 

    O IML espera que no decorrer do dia os corpos sejam liberados aos familiares para o sepultamento. Os parentes serão comunicados por telefone após a conclusão dos procedimentos.

    A chacina nas unidades prisionais Centro de Detenção Provisória Masculino 1 (CDPM1); Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj); Instituto Prisional Antônio Trindade (Ipat) e Unidade Prisional do Puraquequara (UPP) foi motivado por briga entre membros da Família do Norte (FDN), facção criminosa que disputa o controle do tráfico de drogas no Amazonas.

    Edição: Isac Sharlon

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    IML já liberou corpos de 22 detentos nesta quarta-feira (29)

    13 corpos de presos mortos em rebelião são liberados para famílias



    Comentários