Fonte: OpenWeather

    Sem identificação


    Após 36 horas, corpo de homem esquartejado ainda não foi identificado

    O corpo foi encontrado por populares em três sacos de fibra com a sigla da facção criminosa Família do Norte (FDN)

    Corpo ainda se encontra em gaveta do IML
    Corpo ainda se encontra em gaveta do IML | Foto: Izaias Godinho/Em Tempo

    Manaus - O corpo de um homem esquartejado, encontrado na manhã da última segunda-feira (3), na rua Sebastião Romano, bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus, ainda se encontra na gaveta do Instituto Médico Legal (IML). 

    De acordo com informações repassadas pela equipe do IML, nesta terça-feira (4), o homem foi descrido como tendo entre 20 à 25 anos, medindo cerca de 1,70 metro, cor pardo, cabelo liso de cor preta, tendo porte físico magro. Na manhã desta terça (4), cerca de duas famílias compareceram ao IML para possível identificação do corpo, mas não reconheceram o homem.

    Relembre o caso

    O corpo estava em três sacos de fibra com a sigla da facção criminosa Família do Norte (FDN), o que evidência que a morte pode estar relacionada a disputa entre facções.

    De acordo com moradores da área, o corpo do homem foi deixado no local, por volta das 6h, por um carro preto. "De manhã cedo o carro deixou os sacos aí e depois saiu. Já é a segunda vez que isso acontece aqui no bairro", afirmou o morador, que preferiu não se identificar.

    A testemunha também frisou que o crime tem características de "desova", ou seja, quando o homicídio é praticado em um local e o corpo é deixado em outro, para despistar investigações.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Líder da FDN, 'Zé Roberto' pode voltar para Manaus em outubro

    Com a sigla da FDN, corpo é encontrado esquartejado na Compensa

    Comentários