Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    No Jorge Teixeira, criminosos chamam por vítima antes da execução

    A vítima estava conversasndo com a mãe quando foi chamada pelo executores

    De acordo com o pai da vítima, Everton cumpriu pena por homicídio
    De acordo com o pai da vítima, Everton cumpriu pena por homicídio | Foto: Raphael Tavares

    Manaus - Após ser chamado pelos executores para fora de casa, um homem identificado como Everton Souza de Castro, de 22 anos, foi morto com vários tiros na noite desta terça-feira (4), na rua Pau Brasil, no Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus. Os suspeitos fugiram sem serem identificados.

    De acordo com o serralheiro Estevan Mendes de Castro, de 56 anos e pai da vítima, Everton estava conversando com a mãe quando foi chamado para a rua por um homem que estava com um comparsa em uma motocicleta.

    "Ele tem passagem por homicídio e cumpriu três anos lá no presídio do Puraquequara. Infelizmente após sair de lá, ele se envolveu com o tráfico de drogas, era usuário. Não chegamos ver muita coisa, só o cara chamando ele e em seguida ouvimos os disparos", explicou o pai da vítima

    Os policiais militares da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados para a ocorrência, além de colher as primeiras informações, os agentes fizeram a segurança da área até a chegada dos órgãos responsáveis para a remoção do corpo. Conforme a perícia, pelo menos oito tiros atingiram a vítima. 

    O corpo foi removido do local do crime pelos funcionários do Instituto Médico Legal (IML) após passar por perícia do Departamento de Polícia Técnico-Cientifica (DPTC), da polícia civil. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Leia Mais 

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    'Tonzão' da FDN é preso com arma roubada em Itacoatiara

    Três homens são presos na operação 'Martelinho' em Manaus

    Comentários