Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    Homem morre ao tentar impedir fuga de assaltantes

    Criminosos perseguiram e atiraram apenas uma vez contra a vítima que morreu no local

     Jeová Brito Rodrigues, mais conhecido como "Jerry", de 47 anos, foi morto com um tiro na testa por um dos assaltantes
    Jeová Brito Rodrigues, mais conhecido como "Jerry", de 47 anos, foi morto com um tiro na testa por um dos assaltantes | Foto: Raphael Tavares

    Manaus - Após tentar impedir que três assaltantes fugissem com o material roubado de dentro de uma loja localizada na avenida Francisco Queiroz, no Manoa, Zona Norte de Manaus, um homem identificado como Jeová Brito Rodrigues, mais conhecido como "Jerry", de 47 anos, foi morto com um tiro na testa por um dos assaltantes.

    De acordo com os policiais da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), testemunhas relataram que o trio, ainda não identificado, perseguiu a vítima até a rua que cruza a avenida e atiraram apenas uma vez contra Jeová que morreu no local.

    "A ação dos assaltantes foi muito rápida, eles roubaram o que puderam da loja e fugiram, o rapaz tentou reagir e impedir a fuga, quando percebeu que não conseguiria, tentou correr, mas os bandidos foram atrás dele e atiraram", explicou a vendedora Clara Correa, que estava saindo do trabalho quando tudo aconteceu.

    Familiares de Jeová estavam presentes na cena do crime, mas muito abalados, preferiram não comentar o caso com a imprensa.

    O corpo foi removido pelos funcionários do Instituto Médico Legal (IML) após passar por perícia do Departamento de Polícia Técnico-Cientifica (DPTC) da Polícia Civil. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS

    Equipe de reportagem atacada

    A equipe do Em Tempo foi hostilizada por um homem que passava pelo local no momento em que fazia transmissão da ocorrência pelo Facebook.

    O homem teria questionado a equipe a comentar sobre a falta de segurança no bairro, o repórter então decidiu dar espaço para o morador tentando entrevistá-lo, mas ele preferiu atacar a equipe com palavras de baixo calão.

    Leia Mais 

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Traficante ligado a ‘João Branco’ ordenou esquartejamento na Compensa

    Violência explode com guerra de facções em Manaus e soma 300 mortes

    Comentários