Fonte: OpenWeather

    Crime


    Mãe é presa suspeita de esquartejar o próprio filho de três meses

    A polícia investiga se o crime teria relações com rituais de magia negra

    A polícia investiga se o crime teria relação com rituais de magia negra | Foto: Divulgação

    Uma jovem de 20 anos, identificada como Patrícia Maria dos Santos Pereira, foi presa temporariamente suspeita de matar e esquartejar o próprio filho de apenas três meses de idade. O crime aconteceu no início do mês de maio, no povoado Vinagre, em Itapecuru-Mirim, no Maranhão. O corpo da criança foi encontrado dentro de uma sacola em um matagal.

    De acordo com informações da polícia, Patrícia confessou o crime depois que os pais, identificados como Jackson Matos Pereira e Marilene dos Santos Menezes, foram presos suspeitos de terem envolvimento no assassinato. Para a polícia, a jovem afirmou que havia abortado espontaneamente e jogado o bebê morto dentro do carro do pai.

    A Versão de Patrícia, é negada pelo laudo do IML que constatou que a criança foi morta e esquartejada. A polícia investiga se o crime teria relações com rituais de magia negra.

    Ainda de acordo com a polícia, a jovem foi encaminhada para a Unidade Prisional de Itapecuru Mirim.

    Conforme a polícia, Imagens de câmeras de segurança mostram o veículo de Jackson, que é taxista, nas proximidades do local onde o corpo da criança foi encontrado. Ele afirmou na delegacia que teria descartado o embrulho depois de sentir um forte mau cheiro e desconfiar que seria carne apodrecida deixada no veículo por algum passageiro.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Polícia diz que homem matou esposa por descobrir traição gay em Manaus

    Homem é baleado no Monte das Oliveiras e motivação é desconhecida

    Comentários