Fonte: OpenWeather

    Prisões do tráfico


    'Bando do CV' é preso enquanto preparava ataque à FDN em Manaus

    O grupo também é apontado como responsável pela morte de Carlos Alexandre Melo dos Santos, de 24 anos, conhecido como "Carlinhos"

    A operação "Radar" resultou na prisão de 14 pessoas da facção criminosa Comando Vermelho (CV) | Foto: Josemar Antunes

    Manaus - A operação "Radar", deflagrada pela Rocam, prendeu 14 integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV), na tarde de quinta-feira (6), na avenida Panamá, no bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus. 

    O grupo, segundo a polícia, participou de um intenso tiroteio, registrado na noite de terça-feira (5), na comunidade Fazendinha, no bairro Cidade de Deus, Zona Norte da capital.

    Dos 14 presos, Ransci da Costa Furtuoso, de 29 anos, o "Azul", e Williams Roger da Rocha Veiga, de 37 anos, conhecido como "Maik", foram capturados após denúncias anônimas. 

    A dupla foi presa em um carro modelo Gol, de cor preta e placas não divulgadas, após policiais da Rocam identificarem o veículo no bairro Nova Cidade. Com eles, os PMs encontraram um revólver calibre 38, com três munições, no banco traseiro e um tablete de droga no porta luva. Conforme a polícia, "Azul" e "Maik" planejavam um homicídio na invasão Itaporanga, no mesmo bairro. Os dois homens são considerados chefes da quadrilha.

    A quadrilha foi apresentada na manhã desta sexta-feira (7), durante coletiva de imprensa no prédio da Delegacia Geral de Polícia Cívil do Amazonas (PC-AM), em Manaus
    A quadrilha foi apresentada na manhã desta sexta-feira (7), durante coletiva de imprensa no prédio da Delegacia Geral de Polícia Cívil do Amazonas (PC-AM), em Manaus | Foto: Josemar Antunes

    Após as prisões, a Rocam organizou a operação e chegou a uma residência na avenida Panamá, onde prendeu o restante do bando. São eles: Welisson dos Santos Albarado, de 26 anos; Aguison Michel de Souza, de 31 anos; Daniel Luiz Fonseca, de 26 anos; Jeferson da Silva Moldes, de 29 anos; Renan Morais de Lima, de 18 anos; Sara Regina da Silva Cintra, de 29 anos; Leonardo de Souza Sabino, 18; Wanderlei da Silva Santos Júnior, de 18 anos; Wallace Gabriel Lucena da Silva, 20 anos; Vitor Ozandi Soares Zolzane, 20 anos, e os irmãos Elizeu Anunciação de Souza, de 24 anos, e Ezequiel Anunciação de Souza, de 29 anos. 

    De acordo com o levantamento policial, todos os presos fazem parte da facção criminosa Comando Vermelho, grupo rival à Família do Norte (FDN). O grupo também é apontado como responsável pela morte de Carlos Alexandre Melo dos Santos, de 24 anos, conhecido como "Carlinhos".

    Conforme relatos de testemunhas, o jovem havia sido sequestrado nas proximidades de um campo de futebol, por um grupo de 20 pessoas. "Carlinhos", que, segundo a polícia, fazia parte da FDN, foi encontrado morto na manhã de quinta (6), com um tiro na cabeça e mãos amarradas para trás, além de uma camisa envolta do pescoço. O corpo estava dentro de um córrego na comunidade Alfredo Nascimento, bairro Cidade de Deus, Zona Norte da capital. 

    Com o Azul e Maik foram apreendidos um revólver calibre 38, com três munições, no banco traseiro e um tablete de droga no porta luva do carro em que estavam
    Com o Azul e Maik foram apreendidos um revólver calibre 38, com três munições, no banco traseiro e um tablete de droga no porta luva do carro em que estavam | Foto: Josemar Antunes

    Apresentação

    A quadrilha foi apresentada na manhã desta sexta (7), durante coletiva de imprensa no prédio da Delegacia Geral de Polícia Cívil do Amazonas (PC-AM), no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste. 

    O coronel Ayrton Norte, comandante da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), revelou que o bando planejava um confronto contra o grupo rival na tentativa de tomar o comando de bocas de fumo (ponto de venda e comércio de drogas). 

    "Eles iriam atacar membros de outra organização criminosa. Vamos continuar firme e forte para sufocar o crime organizado na cidade de Manaus e em todo o Estado do Amazonas", disse. 

    Comandante da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), coronel Ayrton Norte
    Comandante da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), coronel Ayrton Norte | Foto: Josemar Antunes

    Armas e munições

    Além dos presos, foram apreendidas três pistolas 9mm, com 60 munições intactas, duas pistolas 940, com 24 munições intactas, e uma pistola PT100, com 13 munições intactas, além de quatro rádios comunicadores portáteis e mais três pistolas calibre ponto 40, com 168 munições intactas. 

    Todos os integrantes da quadrilha foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, porte e posse ilegal de arma de fogo e munições de uso restrito e permitido, além de associação criminosa. 

    Edição: Isac Sharlon

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Traficantes atiram em passageiro dentro de barco no Amazonas

    Polícia Civil deflagra operação contra o tráfico em Novo Airão

    Comentários