Fonte: OpenWeather

    Assédio


    Homem é denunciado por assediar virtualmente mais de 75 mulheres

    "Toda mulher merece ser estuprada", era a mensagem de Eduardo enviava para as vítimas

    Em suas redes sociais, o agressor expõem mensagens de baixo calão, que rebaixam as mulheres. | Foto: Reprodução

    Curitiba (PR) - "Toda mulher merece ser estuprada", uma das frases que duas vítimas de Eduardo Malancsuk, de 27 anos, recebiam nas redes sociais.

    Cansadas, as vítimas procuraram as delegacias de Cibercrimes e da mulher, mas não conseguiram registrar boletins de ocorrência, porque não o conhecem, a única prova que têm, são as diversas mensagens e injúrias que Eduardo envia diariamente pelas redes sociais.

    Porém, elas não são as únicas, segundo uma das vítimas, somente em 2019, ela já conheceu mais de 80 meninas que sofreram algum tipo de assédio de Eduardo, algumas o conheceram pessoalmente e outras também nunca o viram, chegando até mesmo, a ser de outros estados. Eduardo é de Curitiba, mas tem vítimas em Santa Catarina.

    Em suas redes sociais, o agressor expõem mensagens de baixo calão, que rebaixam as mulheres. Nas conversas compartilhadas pelas vítimas, os xingamentos são frequentes, tanto que uma delas, registrou um B.O no 6° Distrito Policial de Curitiba, onde Eduardo se apresentou e foi liberado.

    O advogado de defesa alega que as atitudes do seu cliente se devem a um trauma do passado, referente a morte precoce da mãe, que sofria de câncer.

    Em entrevista, Eduardo pediu perdão e disse que não queria ofender e não tinha a intenção de fazer algo ruim.

    Confira a reportagem em vídeo:

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Homem é denunciado após se passar por Messi e seduzir 23 mulheres

    Registros de assédio sexual contra mulheres crescem 13% em Manaus

    Comentários