Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    Mulher é morta na frente dos filhos após briga por um pedaço de bolo

    O assassino se apresentou à polícia, prestou depoimento e foi liberado em seguida

    Wanderleia era casada e mãe de quatro crianças de 8, 6, 3 anos de idade e um bebê de 10 meses | Foto: Reprodução

    São Paulo (SP) - Uma festa junina terminou em tragédia na cidade de Sete Barras, na região do Vale do Ribeira, em São Paulo. Uma dona de casa de vinte e cinco anos foi morta a tiros, na frente dos filhos, após uma discussão motivada por um pedaço de bolo.

    Ela teria oferecido o doce para uma das convidadas, que estava se desentendendo com o marido. O homem não gostou da atitude de Wanderleia dos Santos e deu início a confusão.

    Nelson de Oliveira Bueno não gostou da interferência de Wanderleia e criticou o bolo, comentando que compraria um bolo melhor para a esposa, nisso os dois iniciaram um bate-boca, porém, Nelson estava armado e efetuou três tiros fatais em Wanderleia.

    Nelson fugiu logo depois de cometer e crime e se apresentou de forma espontânea dois dias depois à delegacia da cidade, onde prestou depoimento e foi liberado em seguida.

    A Polícia Civil informou que ele estava acompanhado de um advogado e não foi preso por não ter mandado de prisão, já que não houve flagrante.

    Wanderleia morava a pouco tempo na região, tinha alugado o imóvel para ficar perto da família e era tida por todos como uma mulher dedicada ao trabalho e aos filhos.

    Era casada e mãe de quatro crianças de 8, 6, 3 anos de idade e um bebê de 10 meses. Os moradores locais estão assustados com o crime, assim como a família e filhos de Wanderleia.

    A Secretária de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) disse que o autor do crime foi indiciado por homicídio qualificado e que equipes policiais estão ouvindo as testemunhas.

    Confira a reportagem em vídeo:

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Homem é executado na frente do filho em Manaus

    Duas mulheres são presas com drogas no Porto da Ceasa em Manaus

    Comentários