Fonte: OpenWeather

    Crime


    Mãe procura a polícia e confessa ter matado o filho de 4 meses

    Para a polícia, mãe relatou usar remédios controlados e que não se sentia apta a criar o filho, que foi encontrado dentro de um tanque

    Mãe confessa ter matado filho | Foto: Divulgação

    Por volta de 13h, mãe do bebê Gladyson Fábio Soares Silva, de 4 meses, se apresentou na Delegacia da Cidade Operária e confessou ter afogado o filho na própria casa, na Cidade Operária no Maranhão. 

    “Nós estamos aqui na delegacia fazendo o atendimento de rotina quando, por volta das 13h, uma mulher se apresentou na delegacia, pediu para falar com o delegado alegando que teria matado o próprio filho. O policial me relatou a situação e eu pedi para ter uma breve conversa com ela. Diante disso, nós nos deslocamos ao local do fato para confirmar ou não a veracidade dessas informações. Ao chegar ao local, nós constatamos que a casa estava entre aberta, como ela havia dito que tinha deixado, e constatamos a existência de um corpo de uma criança, de uma idade aproximada de 5 a 6 meses, uma criança do sexo masculino dentro de um tanque” relatou o delegado Lucas Smith.

    Em depoimento, ela também afirmou que após o almoço começou a pensar sobre suas condições financeiras e o futuro da criança e chegou a conclusão que melhor seria matar o próprio filho para ele não sofrer o mesmo que ela.

    Zilpa Soares Silva, de 27 anos, foi encaminhada para a Superintendência de Homicídios onde foi autuada em flagrante. Ela relatou fazer uso de remédio controlado para esquizofrenia, o que será investigado pela justiça. Daqui ela será transferida para o presídio feminino em Pedrinhas.

    A casa onde morava com o pai do bebê é bem simples. A tragédia abalou os vizinhos que não acreditam no que aconteceu. O pai também prestará depoimento na superintendência de Homicídios. Em fevereiro, ele registrou um boletim de ocorrência, após Zilpa passar cinco dias desaparecida.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Criança de 6 anos era estuprada pelo próprio pai e pelos vizinhos

    Mulher é morta na frente dos filhos após briga por um pedaço de bolo

    Comentários