Fonte: OpenWeather

    Prisão


    Polícia prende assassinos de adolescente de 13 anos em Manaus

    Davi Matos Batista foi morto com um tiro na cabeça. O corpo dele foi encontrado em um terreno baldio no Dom Pedro, no dia 16 de abril

    O adolescente foi morto com um tiro na cabeça | Foto: Divulgação

    Manaus - Os assassinos do estudante Davi Matos Batista, de 13 anos, morto com um tiro na cabeça, na noite do dia 16 de Abril deste ano, foram presos na última quinta-feira (27) pela equipe de investigação da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Dos seis investigados, quatro foram localizados no bairro Nova Esperança, na Zona Oeste de Manaus. 

    De acordo com uma fonte policial, os presos foram identificados como Ewerton Caique Fluza Freire, vulgo "Cleber"; Ruan Adonai da Costa Pereira, o "Peixe"; Wendel Maycon Rodrigues dos Santos, e Victor Manoel Rebelo dos Santos.

    O quarteto foi preso em cumprimento a mandando de prisão preventiva. A ordem judicial foi expedida no dia 26 de junho deste ano, pelo juiz Anésio Rocha Pinheiro, do Plantão Criminal. 

    Os presos chegando na DEHS
    Os presos chegando na DEHS | Foto: Josemar Antunes

    Outros dois homens investigados, ainda com identidades mantidos em sigilo para não atrapalhar o andamento das investigações, já foram identificados pela equipe da DEHS. Após a prisão de todos, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) irá apresentar os envolvidos em data ainda não definida. 

    O crime

    O grupo é apontado pela autoria do assassinato do estudante Davi Batista. O estudante foi encontrado com um tiro na cabeça, em um terreno baldio no final da rua Clara Cordeiro, no Dom Pedro, na Zona Oeste de Manaus. 

    Conforme informações obtidas com uma fonte policial, Davi era usuário de drogas e fazia parte de uma facção criminosa. O adolescente teria denunciado um dos rivais, identificado como "JR", que integra a Família do Norte (FDN).

    Após isso, o estudante foi sequestrado a caminho da escola. Davi Batista foi torturado em uma casa e depois desovado no terreno baldio.

    Em entrevista ao Portal Em Tempo, na época do crime, a mãe do adolescente, Regiane Bentes, de 30 anos, disse que sempre pediu para o filho sair do mundo das drogas e deixar de andar com pessoas de má índole.

    Velório do adolescente
    Velório do adolescente | Foto: Josemar Antunes

    "Mesmo com o trabalho diário nunca deixei de dar atenção e conversar com o meu filho. Dei muitos conselhos para o Davi sair do mundo das drogas. Ele ouvia calado e depois se fechava, mas não ligava. Garanto que não foi por falta de conselho. Apesar do envolvimento com pessoas erradas e fazendo uso de drogas, Davi sempre me respeitou como mãe", disse. 

    O velório do adolescente foi realizado na casa onde ele morava, localizada na rua Bela Vista, no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus.

    Leia mais: 

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!:

    Corpo encontrado no Dom Pedro é de adolescente de 13 anos

    'Não foi falta de conselho', diz mãe de adolescente morto em Manaus

    Comentários