Fonte: OpenWeather

    Prisão


    'Peruca' da FDN é preso por execução de adolescente de 13 anos no AM

    'Peruca' foi preso pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), em Fortaleza

    Peruca foi preso em Fortaleza | Foto: Divulgação

    Manaus - Anderson Barbosa Felipe, de 34 anos, conhecido como "Peruca" - um dos líderes da facção criminosa Família do Norte (FDN) - foi preso na tarde de terça-feira (2), por policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), em Fortaleza, no Estado do Ceará (CE).

    Segundo informações de uma fonte policial, "Peruca" está envolvido em tentativa de homicídio e na morte do adolescente Davi Matos Batista, de 13 anos. Os crimes estão relacionados ao tráfico de drogas. 

    A tentativa de homicídio aconteceu no dia 29 de maio deste ano, no bairro Lírio do Vale, na Zona Oeste da capital. A vítima, um jovem de 21 anos, sobreviveu ao atentado e apontou "Peruca" como autor dos disparos. 

    Já o outro crime que "Peruca" é investigado aconteceu no dia 16 de abril deste ano. Davi Matos, de 13 anos, foi encontrado morto com um tiro na cabeça, em um terreno baldio, na rua Clara Cordeiro, no bairro Dom Pedro, na Zona Centro-Oeste de Manaus. 

    Outros presos por envolvimento na morte de David
    Outros presos por envolvimento na morte de David | Foto: Josemar Antunes

    "Peruca" foi preso em cumprimento a mandando de prisão preventiva, expedido no dia 26 de junho deste ano, pelo juiz de Direito, Anésio Rocha Pinheiro, da 2ª Vara do Tribunal do Júri. A prisão ocorreu após o Ministério Público do Amazonas (MP-AM) autorizar a quebra de sigilo de dados telefônico, que facilitou a localização do investigado.

    Outros envolvidos na morte do adolescente 

    Na manhã da última quinta-feira (27), a equipe de investigação da DEHS, sob o comando do titular da especializada, delegado Paulo Martins, prendeu três homens, em um rip-rap no bairro Nova Esperança, na Zona Oeste da capital. Ao longo da semana, mais um suspeito foi preso.  Todos envolvidos na morte do adolescente.

    Ewerton Caique Fluza Freire, vulgo "Cleber"; Ruan Adonai da Costa Pereira, o "Peixe"; Wendel Maycon Rodrigues dos Santos, e Victor Manoel Rebelo dos Santos foram presos em cumprimento a mandandos de prisão preventiva. A ordem judicial foi expedida no dia 26 de junho deste ano, também pelo juiz Anésio Rocha Pinheiro, da 2ª Vara do Tribunal do Júri. 

    David tinha 13 anos
    David tinha 13 anos | Foto: Divulgação

    Um sexto homem investigado, ainda com identidade mantida em sigilo para não atrapalhar o andamento das investigações, já foi identificado pela equipe da DEHS.

    Todos os envolvidos foram enquadrados no Artigo 121 [homicídio] - com pena de reclusão de 6 a 20 anos. Após a prisão de todos, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) irá apresentar os envolvidos em data ainda não definida. 

    O crime

    O grupo é apontado como responsável pelo assassinato do estudante Davi Matos Batista, de 13 anos. O garoto foi sequestrado na saída da escola, no bairro Alvorada 2, na Zona Centro-Oeste da capital. 

    Após ser torturado em uma casa, o adolescente foi encontrado morto com um tiro na cabeça, em um terreno baldio no final da rua Clara Cordeiro, no Dom Pedro, na Zona Oeste de Manaus.

    No dia do crime, moradores da área chegaram a ouvir um disparo de arma de fogo e avistar um carro, de características não reconhecidas, saindo do local em alta velocidade. 

    Velório do adolescente
    Velório do adolescente | Foto: Josemar Antunes

    Informações obtidas com uma fonte policial são de que Davi era usuário de drogas e fazia parte de uma facção criminosa. O adolescente teria denunciado um dos rivais, identificado como "JR", que integra a Família do Norte (FDN).

    Em entrevista ao Portal Em Tempo, na época, a mãe do jovem, Regiane Bentes, de 30 anos, disse que sempre pediu para o filho sair do mundo das drogas e deixar de andar com pessoas de má índole. Ela afirmou, ainda, que o filho fazia apologia a uma facção criminosa nas redes sociais e estava recebendo ameaças.

    "Mesmo com o trabalho diário nunca deixei de dar atenção e conversar com o meu filho. Dei muitos conselhos para o Davi sair do mundo das drogas. Ele ouvia calado e depois se fechava, mas não ligava. Garanto que não foi por falta de conselho. Apesar do envolvimento com pessoas erradas e fazendo uso de drogas, Davi sempre me respeitou como mãe. Eu também cheguei a pegar o Davi fazendo apologia a uma facção criminosa que desconheço. Ele chegou a me falar que estava devendo drogas e recebendo ameaças, mas paguei a dívida. Eu sempre conversava com o meu filho, mas ele dizia que estava tudo bem", disse. 

    O velório do adolescente aconteceu na casa onde ele morava, localizada na rua Bela Vista, no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus, onde reuniu amigos e familiares.

    Leia mais: 

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!:

    Polícia prende assassinos de adolescente de 13 anos em Manaus

    'Não foi falta de conselho', diz mãe de adolescente morto em Manaus

    Comentários