Fonte: OpenWeather

    Operação


    Polícia descobre rede de prostituição em karaokê de fachada em SP

    Doze mulheres chinesas eram mantidas no local para atender clientes

    São Paulo- A polícia fechou um karaokê de fachada onde funcionava uma casa de prostituição no Bom Retiro, no Centro de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (3). As mulheres exploradas eram chinesas e não falam português. Um homem, que seria o gerente do local, foi detido.

    Doze chinesas, que eram mantidas em cárcere privado, foram encontradas no imóvel. Segundo a polícia, elas vieram para o Brasil enganadas, tiveram seus passaportes confiscados e eram obrigadas a se prostituir.

    As investigações tiveram início há 15 dias após uma das chinesas usar o celular de um cliente e falar com a família na China. Os familiares da vítima entraram em contato com as autoridades locais que comunicaram os policiais brasileiros.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Vídeo: Empresário comete suicídio em evento com ministro em Sergipe

    Polícia investiga se arma usada para matar Marielle foi jogada ao mar

    Comentários