Fonte: OpenWeather

    Violência Sexual


    Vídeo: Em Manaus, homem é acusado de estuprar as três irmãs

    Durante o depoimento, a jovem revelou aos policiais que a filha de uma das irmãs, pode ser filha do acusado

    Na delegacia o suspeito negou as acusações | Foto: William Souza / TV Em Tempo

    Manaus - "Ele puxou meu cabelo e disse que se eu não quisesse iria me matar. Pegou nas minhas partes íntimas", esse é o relato da jovem de 19 anos que denunciou o próprio irmão de 27 anos, por estupro, na noite desta sexta-feira (5), na Cidade de Deus, na Zona Norte de Manaus. 

    A jovem disse para o EM TEMPO que as outras irmãs, de 21 e 25 anos, que possuem deficiência mental, também foram estupradas pelo suspeito, que foi preso pelos policiais da 13ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).  

    Durante o depoimento, a jovem revelou aos policiais que a filha de uma das irmãs, pode ser filha do acusado.

    "Nós estávamos em casa quando ele tentou manter relação sexual comigo. Ele puxou meu cabelo e disse para eu soltar a filha da minha irmã que estava no meu colo, mas eu não soltei, foi quando disse que ele não tinha amor por aquela criança e não devia fazer aquilo, foi quando ele parou e eu consegui fugir para a casa de uma vizinha", explicou a jovem de 19 anos.

    Ainda conforme o relato da jovem, após contar toda a história para a vizinha, ela foi orientada a registrar o caso na Delegacia em Crimes Contra a Mulher (DCCM), localizada na avenida Nossa Senhora da Conceição, na Cidade de Deus, onde um boletim de ocorrência foi registrado. 

    Conforme a tenente Kelly Viana, da 13ª Cicom, após o caso ser registrado, policiais militares foram até a casa do suspeito que não resistiu à prisão. 

    "Quando chegamos no local ele ficou bastante surpreso, não resistiu e negou toda a situação, mas a denunciante é categórica em dizer que ele tocou nas partes íntimas dela e estuprou as outras duas irmãs. Inclusive, afirmando que os abusos aconteciam a bastante tempo", disse Viana.

    Ao ser apresentado na delegacia, o suspeito disse ao Em Tempo que estava comendo quando foi chamado pelos policiais e preso, e que ainda disse que não sabia o que estava acontecendo.

    "Mano eu não sei nem o que está acontecendo... Eu não faço isso que elas estão falando. Não sei por que ela está me acusando, eu não fiz isso, eu juro", disse o suspeito.

    Veja reportagem da TV Em Tempo:

    Veja a reportagem | Autor: Waldir Adriano/TV Em Tempo
     

    Leia Mais

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Homem é preso após tentar estuprar vizinha portadora de deficiência

    Preso homem que tentou matar vizinho em Manaus para roubar dinheiro


    Comentários