Fonte: OpenWeather

    BR-174


    Casal é preso por roubo que terminou em morte no ramal do Pau Rosa

    Segundo a polícia, o trio armado com terçados invadiu duas residências e roubou objetos. Em uma das casas o proprietário atirou e matou um dos suspeitos

    Delegado Denis Pinto, adjunto da DEHS
    Delegado Denis Pinto, adjunto da DEHS | Foto: Erlon Rodrigues / PC-AM

    Manaus - O casal Caio Steffeson Barros de Carvalho e Elane dos Santos Amaral, ambos de 23 anos, procurado por roubo ocorrido na última quarta-feira (3), por volta das 21h, em uma casa situada no ramal do Pau Rosa, quilômetro 21 da rodovia federal BR-174, Zona Rural de Manaus, foi preso pela Polícia Civil na quinta-feira (4). O caso foi divulgado na sexta (5) em coletiva de imprensa.

    De acordo com o delegado Denis Pinho, adjunto da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), a dupla foi presa na manhã de quinta-feira (4), por volta das 6h, nas proximidades do local do crime, por policiais civis da DEHS.

    Segundo Denis Pinho, na ação criminosa, Caio, Elane e um homem identificado como, Luciano Kelven Gomes da Silva, que tinha 29 anos, entraram em uma residência, no ramal do Pau Rosa, em posse de terçados, e subtraíram um motosserra e uma roçadeira do local. Em seguida, os três infratores seguiram para a casa da vítima, para também cometerem roubo.

    O adjunto da DEHS relatou que quando o trio chegou na segunda casa e abordou um homem de 56 anos, dono da residência, a vítima reagiu efetuando um tiro de espingarda em Luciano, que morreu. Na ocasião, Caio e Elane empreenderam fuga do lugar, sem levar nada.

    “Eles arrombaram a porta da casa em posse de um terçado. A vítima conseguiu pegar a arma de fogo dela e efetuou um disparo matando o coautor do crime, o Luciano. Inicialmente, eles se apresentaram como testemunha, durante as diligências, o casal resolveu confessar a autoria do roubo", contou o delegado.

    Ainda segundo Pinho, inicialmente a equipe foi acionada para investigar um homicídio. "Fomos investigar um crime de homicídio e acabou descobrindo que se tratava de um roubo onde a vítima foi a pessoa que reagiu a esse assalto. Com eles recuperamos, ainda, um motosserra e uma roçadeira subtraídas no dia do crime”, explicou o delegado.

    Durante a coletiva, Denis Pinho destacou, ainda, os procedimentos em realizados em torno da morte de Luciano. “Verificamos que nessa situação tratava-se de um indivíduo que reagiu a um assalto e, felizmente, conseguiu defender o patrimônio dele. Não foi apresentado na delegacia o autor do disparo, nós estamos aguardando a apresentação dele pra gente fecharmos o Inquérito Policial (IP)”, disse Pinho.

    Flagrante

    Caio e Elane foram autuados em flagrante por roubo majorado, tentativa de roubo e associação criminosa. Ao término dos procedimentos cabíveis na DEHS, a dupla será levada para audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, Zona Sul da cidade.

    *Com informações da assessoria

    Edição: Isac Sharlon

    Leia mais:


    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Em Manaus, homem é acusado de estuprar as três irmãs

    Autores de duplo homicídio são procurados pela polícia

    Comentários