Fonte: OpenWeather

    Homicídio


    Com a frase 'Tio Patinhas que mandou', corpo é encontrado em Manaus

    "Tio Patinhas" é um traficante do Comando Vermelho, que está preso atualmente, mas, pelo que tudo indica, não deixou de comandar o tráfico

    Em cima do corpo da vítima foi deixado um papelão escrito: "Tio Patinhas que mandou". | Foto: Josemar Antunes

    Manaus - Mais um crime com requintes de crueldade e deixando em evidência a briga entre facções criminosas foi registrado em Manaus nesta segunda-feira (8). Um homem, ainda não identificado, foi encontrado com três perfurações no tórax, na comunidade "Cemitério dos Índios", localizada no bairro Nova Cidade, na Zona Norte. Em cima do corpo da vítima foi deixado um papelão com o recardo: "Tio Patinhas que mandou".

    Segundo informações da polícia, o corpo foi encontrado por moradores da área indígena. A vítima estava em um casebre ainda em fase de acabamento com as mãos e pés amarrados, além da boca amordaçada. 

    Um dos moradores da área indígena, que preferiu não se identificar, informou que o homem não era morador do local. Ele foi morto na invasão "Urucaia", extrema com a comunidade indígena, e depois arrastado para o local. A autoria do crime ainda é desconhecida. 

    O corpo foi removido pelo IML
    O corpo foi removido pelo IML | Foto: Josemar Antunes

    A ocorrência foi atendida inicialmente por policiais militares da 15ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Uma guarnição da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) também foi acionada. 

    Conforme a perícia do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), a vítima foi atingida com três facadas no tórax. Por pouco, segundo a polícia, o homem não foi decapitado. Rastros de sangue foram encontrados próximo ao local. 

    Investigação

    O crime será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Devido ao recado deixado no papelão, a polícia acredita que o assassinato tenha relação com o tráfico de drogas.

    Esse não é o primeiro crime que acontece na comunidade
    Esse não é o primeiro crime que acontece na comunidade | Foto: Lucas Vasconcelos

    Tio Patinhas

    O traficante Clemilson dos Santos Farias, o " Tio Patinhas", foi preso no dia 16 de junho do ano passado, durante a operação Mirante deflagrada pelo Batalhão de Choque de Pernambuco com apoio da inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

    Ele foi encontrado em um apartamento de luxo, em Barra de Jangada, no município de Jaboatão dos Guararapes, no Estado de Pernambuco.

    "Tio Patinhas" é considerado o n° 1 da facção criminosa Comando Vermelho (CV), em Manaus. Sua principal missão, conforme investigações, é tomar o comando do tráfico de drogas da facção criminosa Família do Norte (FDN).

    Atualmente, ele cumpre pena em uma das unidades prisionais da cidade, mas o que tudo indica, a cadeia não impede o traficante de continuar ordenando execuções de rivais.

    Momento da remoção do corpo
    Momento da remoção do corpo | Foto: Josemar Antunes

    Outros crimes no "Cemitério dos Índios"

    Esse não é o primeiro crime que acontece na comunidade. Em 13 de junho deste ano, o cacique Willlames Machado Alencar, conhecido como “Onça Preta”, da etnia Mura, foi executado com oito tiros. A suspeita é que o autor seja um traficante da facção criminosa Família do Norte.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Quadrilha invade distribuidora e faz funcionários reféns, em Manaus

    Homem morre após ser esfaqueado no bairro Francisca Mendes

    Comentários