Fonte: OpenWeather

    Execução


    Em Manaus, homem é morto enquanto trabalhava em distribuidora

    Os suspeitos de cometer o crime fugiram do local sem serem identificados

    Os suspeitos estavam em um carro de cor vermelha, de modelo não identificado | Foto: Divulgação

    Manaus - Alvejado com 9 tiros enquanto trabalhava na distribuidora do cunhado, um homem identificado como Fabrício Rodrigues Marinho, de 24 anos, morreu após dar entrada no Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, na Zona Norte de Manaus. O crime aconteceu no bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus. Os suspeitos de cometer o crime fugiram do local sem serem identificados. 

    De acordo com o tenente Abraão Nascimento, da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), os suspeitos estavam em um carro de cor vermelha, de modelo não identificado, com a palavra "Uber" escrito no para-brisa do veículo. A vítima já tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas.

    "Testemunhas relataram que o carro chegou em alta velocidade, parou bruscamente e os ocupantes saíram do veículo e realizaram diversos disparos contra Fabrício, que estava na distribuidora acompanhado do cunhado. Pelo menos nove o atingiram a queima roupa", explicou o policial militar.

    Ainda conforme a polícia, uma busca por um carro com a característica informada pelas testemunhas foi realizada na área da 26ª Cicom, mas até a publicação desta matéria ninguém foi preso ou o veículo encontrado.

    O corpo foi removido do necrotério do HPS Delphina Aziz, pelos funcionários do Instituto Médico Legal (IML). Ele deve passar por exame de necropsia na sede do instituto. O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Leia Mais

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Homem que matou casal em floricultura é condenado a 46 anos de prisão

    Preso homem que matou ex-namorada e rival em Manaus


    Comentários