Fonte: OpenWeather

    Violência


    Policial Militar briga e mata homem em cinema

    Em depoimento na delegacia, o PM Dijavan Batista dos Santos alegou legítima defesa e disse que ele e o filho teriam sido agredidos pela vítima

    Está prevista para as próximas horas uma audiência de custódia com o policial
    Está prevista para as próximas horas uma audiência de custódia com o policial | Foto: Reprodução

    Dourados/MS - Um policial militar ambiental foi preso na tarde de segunda-feira (8) em Dourados (MS) após assassinar do bioquímico Júlio César Cerveira Filho. O crime aconteceu durante uma sessão de cinema que exibia Homem-Aranha: Longe de Casa, por volta das 14h30, no Shopping Avenida Center. Houve tumulto e corre-corre. 

    Em depoimento na delegacia, o PM Dijavan Batista dos Santos alegou legítima defesa e disse que ele e o filho teriam sido agredidos pela vítima. Segundo o acusado, ele estava com os dois filhos menores na sala de cinema quando, sem motivo, a vítima teria começado a abrir e a fechar braços e pernas, batendo no menor de 10 anos. 

    O pai teria trocado de lugar com o filho e pediu para que a vítima parasse com aquele comportamento. Foi quando começou a discussão, que teria incluído socos e chutes. Ao passar pelo filho do policial de 10 anos, a vítima ainda teria desferido um tapa no rosto da criança. 

    A confusão chegou à escadaria, onde houve luta corporal e o disparo. Segundo a polícia, a arma usada pelo acusado não possui registro e foi apreendida com 12 munições. 

    Durante o registro da ocorrência, a prima da vítima, acompanhada de um advogado, relatou que Julio estava acompanhado da filha e da esposa no cinema e que ambas estão abaladas psicologicamente, não podendo assim prestar depoimento. A polícia solicitou exame de corpo de delito. Está prevista para as próximas horas uma audiência de custódia com o policial.

    Leia Mais 

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Justiça manda soltar PM acusado de matar colegas de farda em Manaus

    Em Manaus, homem é preso por furar cunhado com chave de fenda


    Comentários