Fonte: OpenWeather

    especializada em roubos


    Trio investigado por roubos e tráfico de drogas é preso em Manaus

    Conforme a polícia, as investigações apontam relação com a facção criminosa Família do Norte

    Trio vai à audiência de custódia
    Trio vai à audiência de custódia | Foto: Josemar Antunes/Em Tempo

    Manaus - Três integrantes de uma quadrilha especializada em roubo de veículos e envolvidos com o tráfico de drogas foram presos, na noite de terça-feira (9) e na manhã de quarta (10), no conjunto Ouro Verde, bairro Coroado, Zona Leste de Manaus, e na Zona Rural de Manacapuru (município distante 68 quilômetros da capital amazonense).

    Entre os presos está Adamis de Araújo Pinheiro, de 26 anos, apontado pela polícia como líder do tráfico de drogas no Ouro Verde. Ele e o comparsa, Antônio José da Silva Queiroz, de 37 anos, conhecido como "NG", foram presos na região conhecida como "Pesqueiro", em Manacapuru.

    Com a dupla, os policiais civis da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv) apreenderam um revólver calibre 38, com munições, uma espingarda calibre 28, com um cartucho, e um caderno com anotações relacionadas às dívidas do tráfico de drogas no valor de R$ 70 mil, referente à movimentação financeira quinzenal da quadrilha. 

    Já Marcos Vitor Sanches de Souza, de 21 anos, foi preso na rua F, também no conjunto Ouro Verde. Com ele, os policiais civis encontraram porções de maconha. À polícia, conforme divulgou a Derfv, Vitor afirmou, em depoimento, que planejava fugir para Belém, no Estado do Pará, enquanto Adamis e Antônio arquitetavam fuga para a Zona Rural de Manacapuru.

    Durante a ação policial, foram recuperados pela Derfv três veículos, sendo dois da marca Chevrolet/Onix, no bairro Coroado. Outro carro, modelo Toyota/Yaris Hatch, foi encontrado no bairro Distrito Industrial 2, Zona Leste da capital. 

    Os três suspeitos durante apresentação da Polícia Civil
    Os três suspeitos durante apresentação da Polícia Civil | Foto: Josemar Antunes/Em Tempo

    Prisões 

    De acordo com o delegado Cícero Túlio, titular da Derfv, todos os três homens possuem passagem por tráfico de drogas. A prisão do trio é resultado de um desdobramento da ação policial anterior, ocorrida no dia 3 de julho deste ano.

    Na ocasião, foram presos Yuri Farias Frazão, de 25 anos, - integrante da facção criminosa Família do Norte (FDN) - e Cristina Beraldi de Albuquerque, de 42 anos. Eles foram apresentados na manhã do último dia 4 de julho na Derfv.

    Um adolescente, conhecido como "Ratinho", se entregou na manhã do dia 1° na Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

    O casal estava sendo investigado por roubo e adulteração de veículos, além de roubos a residências na capital. Durante a ação, os policiais civis recuperaram quatro televisores, um carro com restrição de roubo, uma arma de fogo, munições e um quilo de droga. 

    Comando

    O delegado Cícero Túlio destacou que Adamis assumiu os negócios do tráfico de drogas após "Big Jhow" deixá-lo a frente. Desde então, Adamis foi o responsável pelo assassinato do traficante "Andrinho" há dois meses, por conta do tráfico. O chefe da região, "Big Jhow", está preso em uma unidade prisional, mas continua com a esposa "Mica" determinando execuções. 

    "Essa ação é decorrente do desdobramento de prisões da semana passada, que resultaram nas prisões de Yuri Frazão, cunhado de Marcos, e de Cristina Beraldi. Durante as investigações, tomamos conhecimento que parte dessa quadrilha iria para Belém e outra iria se refugiar na Zona Rural de Manacapuru. Eles fazem parte de uma grande organização criminosa no Ouro Verde. Adamis ficou responsável por comandar o tráfico com a determinação de "Big Jhow" e executou "Andrinho" há dois meses", explicou a autoridade policial.

    O delegado Cícero Túlio ressaltou, ainda, que as equipes da Derfv já estão em buscas para localizar "Viu Jhow" e a esposa "Mica". 

    O trio foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e associação criminosa. Adamis é Antônio também irão responder por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Eles serão apresentados em audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, na Zona Sul de Manaus.

    Edição: Isac Sharlon

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Vídeo: Procurada pela Interpol, mulher de João Branco da FDN é presa

    Com passagem por roubo, homem é preso com revólver na Cachoeirinha


    Comentários