Fonte: OpenWeather

    Coragem


    Jovem luta com assaltante para proteger irmã em Manaus

    O assaltante entrou em uma clínica de fisioterapia e fez as irmãs reféns

    O suspeito evitou mostrar o rosto durante apresentação à imprensa
    O suspeito evitou mostrar o rosto durante apresentação à imprensa | Foto: Divulgação

    Manaus - Em um ato heroico, uma jovem de 18 anos, que estava sendo mantida refém, lutou com um assaltante para proteger irmã, uma fisioterapeuta de 35 anos. O autor do crime, identificado como Alex Ramos da Cruz, 36, foi preso após agredir as vítimas e por pouco não atirou em uma delas. 

    O caso aconteceu na tarde desta terça-feira (16), em uma clínica de fisioterapia na João Câmara, bairro Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus.

    Alex foi capturado após uma intensa perseguição policial.  Ele ainda fez disparos de arma de fogo contra a equipe da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). 

    "O autor entrou na clinica para pedir água, mas anunciou o assalto e fez os funcionários e pacientes reféns. A fisioterapeuta começou a passar mal quando era revistada pelo Alex, a irmã mais nova, com a intensão de protegê-la, agarrou os braços do assaltante e entrou em luta corporal com ele.", informou o titular do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), delegado Jander Mafra. 

    Ao tentar se livrar da jovem, Alex atirou contra ela, mas acabou atingido o teto da clínica. "Enquanto ele era segurado por uma irmã, ele dava coronhadas na outra. Para fugir do local ele fez um motociclista refém, mas acabou sendo perseguido e preso pela 27ª Cicom", disse Mafra. 

    Arma e objetos apreendidos com o autor do crime
    Arma e objetos apreendidos com o autor do crime | Foto: Divulgação

    Um revólver calibre 32, com duas munições deflagradas e duas intactas, foi apreendido com o autor do crime. Também foram recuperados dois celulares, que pertencem as vítimas, além de uma tornozeleira eletrônica. "Ele alega que o aparelho do sistema prisional pertence a ele e teria quebrado durante a fuga", contou o delegado.

    As irmãs receberam atendimento médicos e prestaram depoimentos na delegacia.

    Alex foi encaminhado para o 6ª DIP, onde foi constatado que ele tinha um mandado de prisão em aberto. "Em 2017, ele cometeu um roubo em uma agência financeira, no Centro de Manaus. Na época, ele teria agido da mesma forma, pedido água no estabelecimento e assaltado" relatou Jander, que informou, ainda, que o autor do crime foi indiciado por roubo e ainda pode ser autuado por tentativa de homicídio.

    Leia mais

    Com arma feita de cabo de rodo, suspeito de assalto é preso em Manaus

    Vídeo: Em Manaus, policiais ajudam em parto de gêmeos

    Trio suspeito de roubar ônibus da linha 102 apanha e acaba preso

    Comentários