Fonte: OpenWeather

    Julgamento de feminicídio


    Vídeo: Família de mulher morta a facadas não participa de júri no AM

    A família de vítima morta a facadas em 2016 foi impedida de entrar no fórum

    Assista a reportagem | Autor: Bárbara Mitoso/TV Em Tempo

    Manaus- A família de Josilene Ferreira de Araújo, morta pelo esposo a facadas em 2016 foi impedida de entrar no fórum na tarde desta quarta-feira (17). Aos gritos de indignação familiares buscavam participar do julgamento de Diego Fabrício do Nascimento Pacheco.

    O crime aconteceu na casa deles, no Bairro da Paz, zona oeste de Manaus. Segundo o inquérito, as facadas foram desferidas na frente da filha mais velha do casal, na época com seis anos.

    Três anos depois de cometer o crime Diego Fabrício enfrenta o júri no Fórum Cível Desembargadora Euza Maria Naice de Vasconcelos, a família da vítima veio assistir mas foi impedida de entrar, pois a defesa alega segredo de justiça.

    Diego Fabrício responde por feminicídio e passou dois anos preso em regime fechado, há um ano está no semi-aberto.

    Assista a reportagem da Tv Em Tempo:

    Assista a reportagem | Autor: Bárbara Mitoso/TV Em Tempo
     

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!:

    Duas mulheres são assassinadas a facadas pelos companheiros

    Economista que assassinou a ex-mulher é condenado a 30 anos de prisão 

    Assista mais vídeos da TV Em Tempo

    Comentários