Fonte: OpenWeather

    Prisão


    Em Manaus, polícia prende soldado do tráfico em invasão

    No celular do jovem foram encontrados mensagens de um grupo de WhatsApp escrito: "Os vermes estão aqui". "Chuva", que quer dizer polícia na área

    Patrick estava com mandado de busca e apreensão em aberto
    Patrick estava com mandado de busca e apreensão em aberto | Foto: Divulgação/ PC-AM

    Manaus - Patrick Carneiro de Souza, de 18 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira (22), durante uma abordagem policial na invasão Monte Horebe, que fica no conjunto Viver Melhor 2, bairro Lago Azul, Zona Norte de Manaus. O jovem tinha mandado em aberto por roubo. 

    De acordo com o sargento E. Pessoa, da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a guarnição foi acionada para dar apoio para outra equipe policial, quando percebeu um jovem em atitude suspeita. 

    Ao consultar o nome do suspeito, verificou-se que Patrick estava com mandado de busca e apreensão.

    No celular do jovem foram encontrados mensagens de um grupo de WhatsApp escrito: "Os vermes estão aqui". "Chuva", que quer dizer polícia na área, entre outras palavras de gíria. 

    Durante os procedimentos de revista pessoal, vários fogos de artifício foram soltos para avisar sobre a presença dos policiais militares. 

    "A nossa equipe foi até a invasão para dar apoio após denúncia que havia um carro com restrição de roubo. Ao chegarmos, o jovem apresentou nervosismo e resolvemos abordá-lo. Na checagem de informações constatamos que Patrick estava com mandado de busca e apreensão por roubo quando ainda era menor de idade", explicou o sargento E. Pessoa. 

    Os policiais militares informaram, ainda, que Patrick integra à facção criminosa Família do Norte (FDN). Em um dos trechos de mensagens o jovem chama o narcotraficante José Roberto Barbosa Fernandes, o "Zé Roberto da Compensa" de "Vô Zé". 

    O jovem também aparece exibindo armas de fogo na invasão Monte Horebe. As imagens foram gravadas em um vídeo e compartilhadas nas redes sociais. 

    Um dia depois policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) prendeu um grupo no local. Na época, Patrick não foi preso. 

    O jovem foi conduzido para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), onde deve responder pelo crime.

    Leia Mais

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Sargento da PM e professor são presos por estupros em Manaus

    Guerra do tráfico resulta em mais um homicídio no Morro da Liberdade


    Comentários