Fonte: OpenWeather

    Inocente


    Em tiroteio, idoso tem casa invadida e é morto com 11 tiros em Manaus

    Segundo a Polícia Civil, a vítima ficou no meio de um "fogo cruzado", enquanto tentava fechar o portão da residência em que morava, na Zona Sul de Manaus. O homem alvo dos criminosos, que invadiu o imóvel, morreu a caminho do hospital

    O idoso foi atingido com seis tiros nas costas, três no tórax, um na nuca e um no rosto
    O idoso foi atingido com seis tiros nas costas, três no tórax, um na nuca e um no rosto | Foto:

     

    Manaus - Após ter a casa invadida por um jovem, que era alvo de criminosos, o idoso Laureano Rabelo, de 66 anos, foi assassinado com 11 tiros, na noite de sábado (3). O crime aconteceu na varanda da casa onde a vítima morava, na rua João Dias, bairro Raiz, Zona Sul de Manaus. 

    Testemunhas informaram à polícia, que Laureano ficou no meio de um "fogo cruzado" ao tentar fechar o portão da residência, depois que o alvo dos atiradores invadiu o imóvel. 

    Familiares de Laureano informaram que, por volta das 19h, teve início um intenso tiroteio no bairro. Na ocasião, ao perceber que três netos estavam na rua, o idoso saiu para buscá-lós, mas as crianças já haviam sido abrigadas na casa de um vizinho.

    Casa da vítima, onde ocorreu o crime
    Casa da vítima, onde ocorreu o crime | Foto: Daniel Landazuri

    “Meu tio, o pai das crianças, estava chegando de Uber quando correu para entrar em casa e também acabou sendo baleado de raspão nas costas. O homem, que estava sendo perseguido, entrou junto com meu tio na residência. Meu avô, quando viu a situação, foi fechar o portão para evitar represálias e foi assassinado brutalmente”, lamentou a  estudante Isabely Moraes, de 18 anos, neta da vítima. 

    Segundo a Polícia Civil, o idoso foi atingido com seis tiros nas costas, três no tórax, um na nuca e um no rosto. Familiares tentaram reanimar a vítima, que acabou morrendo antes da chegada de uma equipe médica.  

    “Uma situação difícil. Meu avô trabalhou por muito tempo como auxiliar de serviços gerais e estava dando entrada na aposentadoria. Ela era o único que cuidava do irmão, que tem necessidades especiais", disse a neta. 

    Familiares tentaram o reanimar o idoso, mas ele morreu ainda no local dos disparos
    Familiares tentaram o reanimar o idoso, mas ele morreu ainda no local dos disparos | Foto: Arquivo pessoal

    Ainda conforme a polícia, o alvo dos assassinos foi identificado como Sérgio Augusto Moldes Santos, de 18 anos, que morreu após ser atingido com nove tiros na cabeça e no tórax. 

    Gravemente ferido, Sérgio ainda foi levado, por moradores da área, para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul, mas chegou morto na unidade de saúde. O corpo dele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), no bairro Cidade Nova, Zona Norte.

    Ainda de acordo com informações de testemunhas, que foram repassadas à polícia, quatro criminosos utilizaram um carro branco, de modelo e placas não identificados, para cometer o ataque. Após os crimes, o grupo fugiu sem ser identificado. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso.

    Edição: Isac Sharlon

    Comentários