Fonte: OpenWeather

    Apreendidos


    Detentos que fugiram de delegacia em Caapiranga são recapturados

    O grupo foi encontrado em uma casa na Comunidade Campina do Norte, na divisa entre Caapiranga e o município de Manacapuru

    os foragidos foram localizados e recapturados na tarde desta sexta-feira (16), sem apresentar reação
    os foragidos foram localizados e recapturados na tarde desta sexta-feira (16), sem apresentar reação | Foto: Reprodução

    Manaus - Em menos de 24 horas, as Polícias Civil e Militar recapturaram os seis detentos foragidos da 32ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), de Caapiranga. O grupo foi encontrado em uma casa na Comunidade Campina do Norte, na divisa entre Caapiranga e o município de Manacapuru, com o material que havia sido roubado da delegacia.

    Foram recapturados Arnilson da Cunha Brasil, 29, vulgo “Grande”, Lindamor Correa Rodrigues, 36, companheira de Arnilson; Gustavo Ribeiro da Silva, 20, Henry Levi do Nascimento Ramos, 18, Rafael Ribeiro da Silva, 22, e Marcos Costa dos Santos, 34.

    Nas primeiras horas do dia, reforços da Polícia Civil e Polícia Militar foram encaminhados para a cidade, segundo determinação do secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates.

    O delegado-geral da Polícia Civil, Lázaro Ramos, enviou equipes policiais de Delegacias Especializadas e do Grupo de Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), para diligências em torno do caso.

    Nas primeiras horas do dia, reforços da Polícia Civil e Polícia Militar foram encaminhados para Caapiranga
    Nas primeiras horas do dia, reforços da Polícia Civil e Polícia Militar foram encaminhados para Caapiranga | Foto: Reprodução

    A Polícia Militar, por meio de militares da Companhia de Operações Especiais (COE), deu apoio aos procedimentos necessários e equipes das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) ficaram de prontidão na estrada de Manacapuru.

    Após um trabalho de investigação, os foragidos foram localizados e recapturados na tarde desta sexta-feira (16), sem apresentar reação. Eles respondiam por crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico (Arnilson, Lindamor e Gustavo) e homicídio (Rafael, Marcos e Henry).

    Transferência
    Por determinação do delegado-geral da Polícia Civil e do Departamento de Polícia do Interior, os seis presos serão transferidos para a capital amazonense.

    *Com informações da assessoria

    Comentários